CES 2018

Automóveis invadem o CES, a maior feira de tecnologia do mundo

A CES é cada vez mais o palco favorito pelos construtores automóveis para apresentarem os mais recentes avanços tecnológicos.

O CES 2018, ou Consumer Electronics Show (CES) é a maior feira tecnológica do mundo, realizando-se anualmente, logo a abrir o ano, em Las Vegas, Nevada, nos EUA. Nos últimos anos tem sido marcada pela cada vez maior presença de construtores automóveis, ameaçando até a viabilidade do Salão de Detroit, EUA, que se realiza igualmente no início do ano.

Porquê? A rápida transformação pela qual a indústria automóvel passa — desde a eletrificação, aos avanços em condução autónoma e conectividade — colocaram o CES como o palco preferido para divulgar os mais recentes avanços tecnológicos dos construtores automóveis, já que o impacto mediático da feira é superior ao do tradicional salão automóvel.

A edição de 2018 do CES apenas reforça esta tendência, reunindo um expressivo conjunto de novidades relacionadas com o automóvel, que vão desde novos modelos 100% elétricos, a avanços em HMI (Human Machine Interface ou interface do utlizador) e condução autónoma. Vamos conhecê-las.

Honda

Começamos com a Honda, com o foco a estar nos seus mais recentes avanços na área da robótica. Denominados 3E (Empower, Experience, Empathy) Robotics, são quatro os robots que a marca nipónica levou até ao Japão. Focados na mobilidade, podemos encontrar um robot de “companhia” que apresenta diferentes expressões “faciais”, um tipo de cadeira de rodas, um protótipo de mobilidade com capacidade de carga e, por fim, um veículo offroad totalmente autónomo.

Hyundai

A Hyundai apresentará um crossover fuel cell (pilha de combustível a hidrogénio), que substituirá o ix35 Fuel Cell. A marca já tinha divulgado imagens e algumas especificações, mas ainda falta saber o nome do novo modelo, que será revelado, finalmente, no CES.

O novo modelo também integrará os mais recentes avanços da marca em condução autónoma, desenvolvidos em parceria com a Aurora, empresa especializada no desenvolvimento desse tipo de tecnologia.

Hyundai Fuel Cell SUV

Mas não é tudo. A Hyundai vai apresentar no CES o primeiro assistente por voz inteligente da indústria automóvel. Vai chamar-se Intelligent Personal Agent e está a ser desenvolvido em parceria com a empresa SoundHound. Este sistema não se limitará a compreender comandos de voz básicos, ele conseguir interpretar frases completas, como por exemplo “eu quero ir para Madrid, pela estrada mais rápida”, ou “o que é que eu tenho na agenda?”.

O Intelligent Personal Agent promete não só uma maior compreensão das ordens dadas, como também antecipará problemas. Avisando para a possibilidade de atraso para uma reunião agendada ou de um acidente na rota selecionada. É o resultado prático de mais de uma década de desenvolvimento e pesquisa da SoundHound, agora em parceria com a Hyundai.

Primeira imagem do Hyundai Intelligent Personal Agent Cockpit.
RELACIONADO: Hyundai apresenta SUV fuel cell e reforça aposta nos elétricos

Kia

Ainda, da Coreia do Sul, a Kia vai levar ao CES 2018 um protótipo que antecipa o futuro Kia Niro 100% elétrico. O protótipo apresentará, igualmente, um novo sistema HMI (Human Machine Interface). O Kia Niro já é comercializado nas suas versões híbrida e híbrida plug in, pelo que só faltava mesmo o elétrico para completar o trio, seguindo os mesmos passos pela Hyundai para o Ioniq, com o qual partilha base e tecnologia.

RELACIONADO: Kia Niro 1.6 GDI HEV: testámos o primeiro híbrido da Kia

Mercedes-Benz

O novo Mercedes-Benz Classe A, entre diversas novidades, será o primeiro modelo a estrear o MBUX (Mercedes-Benz User Experience). O acrónimo é sinónimo para o novo sistema de infoentretenimento da marca alemã, do qual já pudemos ter um vislumbre, após a divulgação das primeiras imagens do interior da segunda geração do popular modelo.

Mercedes-Benz Classe A W177
RELACIONADO: Interior do novo Mercedes-Benz Classe A W177 revelado

Marcam presença também no CES 2018, o Mercedes-AMG Project One, o concept EQA e o Smart Vision EQ.

Nissan

A marca japonesa leva até ao CES a tecnologia B2V ou Brain To Vehicle (Cérebro para veículo), onde o nosso cérebro é ligado diretamente ao carro. Um conjunto de sensores monitoriza a atividade do cérebro do condutor que, segundo a Nissan, permitirá aos automóveis antecipar e atuar ações do condutor até 0,5 segundos mais rápido do que o condutor em si.

RELACIONADO: Nissan. Tecnologia B2V liga o teu cérebro ao carro

Toyota

A Toyota terá no CES 2018, um “laboratório rolante” para testar as tecnologias relativas a condução autónoma. Denominado Platform 3.0, trata-se efetivamente de um Lexus LS 600h L equipado “até aos dentes” com todo o tipo de sensores e radares.

Toyota Platform 3.0 — Lexus LS 600h

 

O Platform 3.0 traz um LIDAR (Light Detection And Ranging) Luminar 360º, constituído por quatro scanners LIDAR de alta resolução, complementado por sensores LIDAR de curto alcance, colocados numa posição mais baixa para detetar objetos de menores dimensões. O Platform 3.0 será produzido em pequenos volumes, para efeitos de testes, que se iniciarão na primavera no seu Centro de Desenvolvimento de Protótipos localizado no Michigan, EUA.

Os “outros”

As novidades relacionadas com automóveis no CES 2018, não se ficam pelos principais construtores. A Byton, uma startup chinesa, mas liderada por Carsten Breitfeld, o ex-diretor da i na BMW, antecipa o seu primeiro modelo através de um concept de um SUV elétrico. Mas o destaque estará no interior, onde o painel de instrumentos é um enorme ecrã tátil com 1,25 metros de comprimento por 25 centímetros de altura.

Henry Fisker, após o falhanço do Karma, volta à carga, desta vez com um novo modelo totalmente elétrico, o Fisker Emotion. A sua comercialização está prevista para 2020, com números bastante sumarentos:  à volta de 650 km de autonomia e nove minutos de carga bastam para efetuar 200 km. Números que só são possíveis por recorrer a baterias de estado sólido, em grafeno, que permitem densidades 2,5 vezes maiores que as atuais de lítio.

Fisker Emotion
Fisker Emotion

A Rinspeed, conhecida pelos seus originais concepts, apresenta o Snap. Um veículo elétrico e autónomo constituído por duas secções — um chassis tipo skate, que integra tudo o que é necessário à sua locomoção, e uma célula habitável intercambiável. Estas duas secções podem separar-se, com a célula habitável a poder servir outras funções quando estacionária.

Rinspeed Snap
Rinspeed Snap

No total, 535 empresas relacionadas com automóveis ou tecnologia automóvel marcarão presença no CES 2018. A feira inicia-se no dia 7 de janeiro e encerra dia 12.

Sabes responder a esta?
Qual a origem do motor de cinco cilindros da segunda geração do Ford Focus RS?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Ford Focus RS com apenas 29 km rendeu quase 50 mil euros em leilão

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos