(Fortes) Rumores

Range Rover. Duas portas hiper-luxuoso e nova família de estradistas em equação

Procurando alargar a sua gama, a Land Rover pondera novos Range Rover. A começar num duas portas luxuoso e numa nova família de modelos de vocação estradista.

Sinónimo de excelência, luxo, mas também eficácia entre os todo-o-terreno, a gama Range Rover pode vir a ganhar, em breve, novos elementos: uma variante de duas portas, hiper-luxuosa, além de uma nova família de modelos, vocacionada especialmente para o alcatrão. Projetos que estão, neste momento, na fase de análise, da parte do estatutário construtor automóvel britânico.

Relativamente à proposta de duas portas, a hipótese foi já admitida pelo chefe de design da Land Rover, o britânico Jerry McGovern. Que, em declarações ao site australiano Motoring, reconheceu que “a lacuna existe, pelo que, embora eu ainda não possa dizer de que forma ou quando, a oportunidade está aí”.

“Nós já provámos, por diversas vezes, com a Range Rover, que existem espaços a preencher com derivações daqueles que são os modelos actuais, e cujo lançamento permitirá oferecer algo verdadeiramente novo ao mercado”
Gerry McGovern, chefe de design da Land Rover

De resto, a marca britânica terá patenteado, já este ano, a denominação Stormer, a qual foi utilizada pela primeira vez, num musculado protótipo de duas portas, dado a conhecer no Salão de Detroit de 2004. E que acabou por servir de base para o Range Rover Sport, lançado no mercado no final desse mesmo ano.

 

Land Rover Stormer Concept 2004
Land Rover Stormer deu origem do actual Range Rover Sport… mas sem as portas de abertura vertical

Por outro lado, importa não esquecer que, apesar das dimensões e vocação off-road dos seus modelos, a Land Rover já possui todo um passado de veículos de duas portas. A começar, desde logo, no Range Rover original, concebido precisamente como um duas portas, ao qual se seguiu a edição limitada Range Rover CSK — um tributo a Charles Spencer King, designer que criou a primeira geração. Sendo que, atualmente, a marca comercializa não somente uma versão de duas portas do Evoque, como a variante Convertible.

Nas declarações ao site australiano, McGovern deixa igualmente escapar a possibilidade da divisão de veículos especiais, a Special Vehicles Operations (SVO), vir a participar na criação desta nova proposta. Desde logo e conforme explica, “porque a SVO é um negócio que se suporta a si próprio, permitindo pensar numa proposta de não muitas unidades, por exemplo, uma edição limitada, ao invés de num novo modelo de grande volume. E que, certamente, se pagará mais facilmente a si própria”.

Road Rover, os Range Rover para o asfalto

No entanto, as possíveis novidades na Land Rover não se esgotam neste hiper-luxuoso duas portas, abrangendo, igualmente, uma nova linha de modelos de vocação mais estradista. Propostas que, revela a britânica Autocar, adotarão a denominação de Road Rover.

2017 Range Rover Velar
O Velar foi um dos Range Rover que recuperou denominação histórica no seio da marca britânica

Ainda de acordo com a mesma publicação, esta nova vertente de modelos, que a marca britânica pondera vir dar a conhecer em 2019, deverá começar com uma proposta capaz de rivalizar com o Mercedes-Benz Classe S, em termos de posicionamento, luxo e trabalho artesanal. Embora mantendo, ainda assim, alguma capacidade fora de estrada.

Este primeiro modelo, que deverá surgir com sistema de propulsão elétrica, poderá vir a ter apresentação durante o Salão Automóvel de Los Angeles de 2019, com as vendas a arrancarem pouco depois. Sendo que o modelo apostará, principalmente, em mercados como a americana Califórnia ou a mais distante China, que, por força dos regulamentos, obrigam a comercialização de veículos elétricos por parte dos construtores.

Recorde-se que, a exemplo da designação Velar, também o nome Road Rover tem tradição na Land Rover. Já que foi utilizado, nos idos anos 50 do século passado, para denominar um protótipo que pretendia fazer a transição entre os veículos de passageiros Rover e o Land Rover original. E que acabou por ser recuperado na década seguinte, na forma de uma carrinha de três portas, servindo igualmente de base para o protótipo que acabaria por estar na origem do primeiro Range Rover.

Road Rover 1960
Eis o Road Rover carrinha, que acabaria por servir de base ao Range Rover original

Sabes responder a esta?
Quanto anos celebra o Mercedes 190?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Mercedes-Benz 190 (W201), antecessor do Classe C, celebra 35 anos

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos

Pub