Elétricos

Porsche Mission E. Versão mais «modesta» com mais de 400 cv

Aguardado para o final da década, o Mission E promete vir a ser um dos carros mais importantes na história recente da Porsche.

O Mission E será o primeiro modelo 100% elétrico da Porsche – um sinal dos tempos que se avizinham.

Esperado para o final da presente década, de acordo com a Automobile Magazine, que já teve oportunidade de conduzir uma das versões de desenvolvimento, o Porsche Mission E poderá chegar ao mercado com três níveis de potência: 402, 536 e 670 cv.

porsche mission e
Uma mula de testes do Mission E que já foi apanhada a medir forças com os modelos da Tesla.

Mission E com tanto ou mais espaço que um Panamera

Embora com dimensões exteriores mais pequenas que um Panamera, o Mission deverá oferecer espaço suficiente para acomodar, de forma confortável todos os ocupantes. Stefan Weckbach, líder do projeto, garante inclusivamente que o modelo conseguirá ser quase tão espaçoso quanto as propostas do segmento acima.

RELACIONADO: E-Tron GT. O Mission E da Audi chega em 2022

Três níveis de potência e tração integral

A Automobile Magazine apurou ainda que os planos do fabricante de Estugarda passam por disponibilizar o Porsche Mission E em três versões.

Todas com tração integral, mas com potências distintas — no caso da versão de entrada, cujo preço deverá começar nos 71 500 euros (tal como acontece, aliás, com o Panamera), a anunciar 408 cv de potência; a intermédia, a prometer 544 cv; e, finalmente, a mais potente, a garantir 680 cv de potência.

porsche mission e
Aquelas saídas de escape… falsas, naturalmente.

Além destas três versões, a Porsche também não descarta a possibilidade de acrescentar uma outra versão, ainda mais acessível, equipada com apenas tração traseira e potência a determinar.

Dois motores elétricos, o traseiro a fazer a diferença

A garantir estas impressionantes cifras, encontramos a combinação entre um motor elétrico montado à frente, a oferecer 215 cv, além de um binário máximo permanente de 300 Nm (mas que pode chegar aos 441 Nm, ainda que apenas por breves instantes), e um outro, colocado sobre o eixo traseiro.

É o motor elétrico no eixo traseiro que fará variar a potência consoante a versão.

RELACIONADO: E agora? Novo Porsche Mission E vai custar tanto como o Panamera

Quanto a prestações, a versão mais potente do Mission E deverá ser capaz de acelerar dos 0 aos 100 km/h em cerca de 3,5 segundos, atingindo uma velocidade máxima de 250 km/h. A aceleração será contundente, garante a Porsche.

porsche mission e

Autonomia — 483 quilómetros é o objetivo

Porque se trata de um veículo elétrico, a autonomia será outro dos pontos a ter em consideração. O objetivo da Porsche é garantir uma autonomia real a rondar os 483 quilómetros, além da possibilidade de carregamento das baterias até 80%, em apenas 20 minutos.

 

Sabes responder a esta?
O que significa, na Volvo, CMA?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Novo Volvo V40 a caminho. A Série 40 continua a crescer

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos