Ao volante

Skoda Karoq. Ao volante do novo SUV da marca checa

O Skoda Karoq é o novo SUV da marca checa para o segmento C e chega para substituir um velho conhecido, o Yeti. Fomos descobri-lo num primeiro teste.

Em Palermo, Itália

Nos últimos anos temos assistido a um crescimento exponencial da oferta SUV, uma “febre” que está longe de terminar — sabiam que 1/3 dos automóveis vendidos na Europa são SUV? É neste contexto que surge o novo Skoda Karoq, a mais recente proposta da marca checa num segmento onde todos se gladiam pelo estrelato.

Assente na plataforma MQB, que partilha com outros SUV do Grupo Volkswagen como o SEAT Ateca e Volkswagen T-Roc, o novo Skoda Karoq consegue manter intactas as credenciais a que Skoda já nos habitou: espaço, tecnologia, soluções “Simply Clever” e claro, preço competitivo.

Design e Personalização

No exterior encontramos um baby-Kodiaq, mais SUV do que velhinho Skoda Yeti. Disponível em 14 cores exteriores e possível de equipar com jantes com dimensões de até 19 polegadas, o Skoda Karoq permite não só uma personalização exterior diferenciada, como também aposta, tal como os outros modelos da marca checa, na adaptação do interior a cada condutor.

A chave é eletronicamente personalizável e pode ser configurada para identificar até 4 condutores. Assim que o condutor entra no veículo só tem de selecionar o seu perfil e o Skoda Karoq vai adaptar o interior às definições gravadas pelo condutor: modo de condução, ajuste dos bancos elétricos, definição da iluminação interior e exterior, Climatronic e sistema de infoentretenimento.

Espaço, muito espaço

Face ao Yeti e como seria de esperar, o Skoda Karoq é maior. São 4,382 metros de comprimento, 1,841 metros de largura e 1,605 metros de altura. A distância entre eixos é de 2,638 metros (2,630 metros nas versões com tração integral). É mais curto do que o Skoda Kodiaq e ligeiramente mais comprido do que o SEAT Ateca.

No interior os benefícios da plataforma MQB e das dimensões generosas, privilegiam os ocupantes, com o Skoda Karoq a revelar-se muito espaçoso, tanto nos lugares da frente como nos lugares traseiros.

A bagageira também tem espaço para “dar e vender”, mais precisamente 521 litros de capacidade. Mas como é da Skoda que estamos a falar, as soluções Simply Clever também foram aplicadas à bagageira para permitir aproveitar ao máximo o espaço disponível.

Em opção estão disponíveis os bancos VarioFlex, que consistem em 3 bancos traseiros independentes, removíveis e que podem ser regulados longitudinalmente. Com os bancos rebatidos, a capacidade da mala aumenta para os 1630 litros, podendo chegar até aos 1810 litros de capacidade se os bancos traseiros forem removidos.

Tecnologia conectada

No campo tecnológico, transitam para o Skoda Karoq todas as mais recentes tecnologias disponíveis nos modelos da marca, nos quais se inclui a 2ª geração do sistema de infotainment modular da Skoda.

O Skoda Karoq é ainda o primeiro modelo da Skoda a receber um quadrante 100% digital (opcional), algo que, segundo os responsáveis da marca checa com que a Razão Automóvel falou, será introduzido em todos os modelos.

As versões de topo, equipadas com o sistema Columbus ou Amundsen, têm hotspot Wi-Fi. Para o sistema Columbus está disponível, em opção, um módulo de ligação LTE.

Os novos serviços online Skoda Connect, dividem-se em duas categorias distintas: serviços online de infoentretenimento, utilizados para informação e navegação, e o CareConnect, que serve em caso de necessidade de assistência, seja por avaria ou emergência.

O botão de emergência instalado no novo Skoda Karoq, vai ser obrigatório em todos os automóveis comercializados na europa a partir de 2018. Através da app Skoda Connect, é possível aceder a outros serviços, permitindo aos utilizadores controlarem remotamente o estado do veículo.

Equipado com o sistema Smartlink+, é possível a integração de dispositivos compatíveis com Apple CarPlay, Android Auto e MirrorLinkTM. Este sistema pode ser escolhido, como opcional, a partir do sistema mais básico de infoentretenimento, o Swing. Também está disponível uma plataforma de carregamento wireless com amplificador de sinal GSM.

Segurança e Assistência à condução

O Skoda Karoq conta com vários sistemas de assistência à condução, destacando-se o Park Assist com Rear Traffic Alert e Manouver Assist, Lane Assist e o Traffic Jam Assist.

Para apoiar o condutor e aumentar a segurança a bordo, estão ainda disponíveis sistemas como o Blind Spot Detect, Front Assist com proteção preditiva de peões, Hill Hold Control, Emergency Assist e sistema de reconhecimento de sinais de trânsito. O Skoda Karoq vem ainda equipado com 7 airbags de série e 2 airbags opcionais.

Pela primeira vez num Skoda encontramos um quadrante 100% digital, algo que o Grupo Volkswagen tem vindo paulatinamente a introduzir em todos os modelos das suas marcas, passando a estar, com esta última introdução na Skoda, disponível em todas as marcas do Grupo.

O Skoda Karoq pode ser equipado com luzes Full-LED, uma opção que está disponível a partir do nível de equipamento Ambition. E falando de iluminação, o interior também não ficou esquecido: existem 10 cores disponíveis para as luzes ambiente que podem ser alteradas através do menu de configuração do veículo.

Soluções “Simply Clever” de série (e as opcionais)

A Skoda é conhecida pelas suas soluções inteligentes e no Skoda Karoq não quis deixar essa identidade de parte. Entre as várias soluções, existem muitas que são de série na gama: a chapeleira agarrada ao portão da bagageira, porta-tickets, local para guardar o guarda-chuva debaixo do assento do passageiro da frente, bocal de enchimento do tanque de combustível com sistema que previne engano no combustível a utilizar (só nas unidades equipadas com motorizações Diesel), rede no porta-mala, porta garrafas de até 1,5 litros à frente e atrás (nas portas), cabide para o colete de emergência, porta-copos com abertura fácil, porta canetas e o já clássico raspador de gelo na tampa do combustível.

A lista de opcionais Simply Clever também é interessante. Desde uma lanterna removível e localizada na bagageira, até a pequenos caixotes do lixo com tampa colocados nas portas, não faltam soluções inteligentes para melhorar a vida a bordo do Skoda Karoq.

Motorizações

Estão disponíveis cinco motorizações Euro 6, duas a gasolina e três diesel, com potências entre os 115 e os 190 cv. Na oferta a gasolina encontramos o motor de 3 cilindros 1.0 TSI de 115 cv e o motor de 4 cilindros 1.5 TSI EVO de 150 cv, com sistema de desativação de cilindros. Do lado da oferta Diesel, aquela que será a mais procurada no mercado português, temos o motor 1.6 TDI de 115 cv e o motor 2.0 TDI com 150 ou 190 cv.

À excepção da motorização Diesel mais potente todas as outras estão acopladas a uma caixa de 6 velocidades manual, estando disponível como opcional uma caixa de dupla embraiagem DSG de 7 velocidades. O Diesel mais potente vem equipado com tração integral e caixa DSG-7 de série.

A partir do nível de equipamento Ambition, é possível optar pelo seletor do modo de condução, que nos permite alternar entre os modos Normal, Sport, Eco, Individual e Neve. Nas versões com tração integral (4×4) existe ainda o modo off-road.

E ao volante?

A Razão Automóvel teve oportunidade de conduzir duas unidades Diesel do novo Skoda Karoq: o topo de gama, equipado com o motor 2.0 TDI, 190 cv e tração integral. E também o Skoda Karoq equipado com o motor 1.6 TDI de 115 cv, uma proposta que deverá ser, a par do 1.0 TSI de 115 cv, das mais procuradas no mercado português. Ainda que este último, apesar de estar a ganhar quota de mercado, tenha um registo de vendas inferior ao Diesel.

Ao volante da versão topo de gama, foi possível comprovar os préstimos do motor 2.0 TDI de 190 cv, que conjugado com a tração integral e a caixa DSG de 7 velocidades, revelam um conjunto onde pouco ou nada há a apontar do ponto de vista das prestações. Rápido e suave, revela-se uma excelente proposta em todo o tipo de estrada, ainda que não tenhamos tido a oportunidade de colocar este bloco à prova em situações mais extremas.

Já o Skoda Karoq com o motor 1.6 TDI de 115 cv (4×2), acoplado a uma caixa DSG-7, apesar de ser menos potente, não compromete. Esta configuração de motor e transmissão será a mais procurada no mercado português.

Durante um percurso mais acidentado e com alguns quilómetros percorridos em terra, rodeados das paisagens deslumbrantes da Sicília, nunca faltou tração ao nosso Skoda Karoq 4×2. Uma prova de que esta versão é mais do que suficiente para superar, para além dos desafios diários, aqueles que gostamos de aceitar nos passeios de fim de semana.


A qualidade dos materiais utilizados no interior também leva nota alta. Ente outros detalhes, a presença de plásticos moles no topo do tablier e partes inferiores um dos detalhes importantes na determinação do posicionamento do Skoda Karoq.

Estratégia SUV até 2025

A estratégia da Skoda até 2025 passa por continuar a expansão da sua oferta SUV, o Skoda Kodiaq foi o ponta de lança desta revolução. Com o Skoda Karoq, a marca checa adiciona o segundo SUV à sua gama.

O Skoda Karoq chega a Portugal no final do primeiro trimestre de 2018, com preços ainda por definir.


Mais artigos em Testes, Primeiro Contacto

Os mais vistos

Pub