Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Rumores

Porsche considera versão «básica» do 911 só para puristas

És um dos infelizes que tentou comprar um Porsche 911 R mas já tinha esgotado? A Porsche tem boas notícias para ti.

Lembram-se do Porsche 911 R? Claro que sim (ver aqui). Uma versão do 911 de produção limitada, revivalista do 911 R «original», destinada aos entusiastas da condução: leve, motor atmosférico, caixa manual, pouco downforce, travões e suspensões oriundas do GT3 RS.

Tinha tudo, prescindindo do supérfluo. Uma versão despreocupada com o cronometro e preocupada apenas com o prazer de condução. O «hype» em torno do modelo foi tão grande que a produção limitada a 911 unidades esgotou mais depressa do que o depósito de um Bugatti Chiron. E olhem que a gasolina no depósito do Chiron desaparece rápido. Muito rápido

Uma máquina de fazer dinh€iro

Desde que a Porsche aprendeu a fazer dinheiro, em 1996, com ajuda da Toyota – temos mesmo de contar esta história aqui na Razão Automóvel! – que nunca mais parou. Atualmente, a Porsche é uma das marcas mais rentáveis do mundo.

Antes deste modelo (imagem abaixo), o cenário era quase apocalíptico. Entretanto tudo mudou.

Mal amado por alguns, foi o 996 que ajudou a Porsche a reerguer-se.

 

Entre outras mudanças, desde então a Porsche começou a dar aos seus clientes exactamente aquilo que eles pretendem – mesmo que seja um SUV. E ficou bem patente pela aceitação do Porsche 911 R – ao fim de 2 meses este modelo já tinha quadruplicado o seu valor – que há cada vez mais procura por modelos com estas características.

As boas notícias

Em declarações à Autocar, durante a apresentação do novo Porsche Cayenne (todos os detalhes aqui), que Michael Steiner, responsável de R&D da Porsche, afirmou que a marca “olha com bons olhos para possibilidade de lançar um verdadeiro sports cars mais «purista» sem limite de produção”.

Mas disse mais:

Descobrimos que há cada vez mais clientes interessados no prazer de conduzir, em modelos fáceis de explorar. (…) Em sports cars puros não há necessidade de limitar a produção.

Steiner não confirmou se estamos a falar de uma versão do Porsche 911 mais «simples e pura», nem tão pouco se este modelo vai ser lançado na vigência da atual geração 991.2.

O que ficou bem patente nas suas declarações, é que no futuro, aqueles que procuravam/procuram um 911 de última geração tão puro e analógico quanto hoje é possível, brevemente poderão ter um na garagem. E sem ter de gastar as fortunas que atualmente pedem pelo 911 R. Amén.

GT3 RS. O «senhor cronómetro».

 

Sabe responder a esta?
A Porsche ajudou a Mercedes-Benz a desenvolver uma berlina desportiva
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

O primeiro “Panamera” foi um… Mercedes-Benz 500E

Mais artigos em Notícias