Apresentação

Jaguar FUTURE-TYPE. Elétrico, autónomo, conectado e com um volante inteligente

Após o Sayer, o volante com inteligência artificial, a Jaguar apresenta agora o FUTURE-TYPE, o automóvel que complementa o volante.

Há poucos dias atrás apresentámos aqui o Sayer, um volante com comandos por voz munido de inteligência artificial. Tal como a Jaguar anunciava, será provavelmente a única parte do automóvel que necessitaremos de adquirir em 2040. Estranho? Um pouco. Mas vale a pena perceber o conceito.

A NÃO PERDER: Salão de Frankfurt 2017. O guia completo

Mas a que tipo de veículo o Sayer será acoplado? Apenas um nome tinha sido anunciado: FUTURE-TYPE. Não foi preciso esperar muito tempo para que a marca britânica divulgasse a sua visão do futuro elétrico e autónomo para o qual o automóvel caminha… ou melhor, rola.

O mais futurista de sempre

O novo FUTURE-TYPE é, com alguma certeza, o concept mais futurista alguma vez apresentado pela Jaguar. Não só vai de encontro a um futuro onde o automóvel passará a ser um serviço por encomenda – permitindo ter acesso a diferentes tipos de veículo conforme as necessidades -, como também explora um tipo de veículo inédito na marca.

O FUTURE-TYPE oferece um vislumbre do potencial para o futuro da condução e da apropriação do automóvel. É parte da nossa visão de como uma marca de luxo pode continuar a ser desejável numa era mais digital e autónoma.

Ian Callum, Diretor de Design da Jaguar

Caracteriza-se por ter apenas três lugares – dois dianteiros e um traseiro – mas organizados de tal forma que transformam o habitáculo num espaço social quando em modo autónomo, permitindo comunicação cara-a-cara. E como se pode observar, o seu desenho pouco ou nada tem a ver com qualquer automóvel que a Jaguar produz hoje.

É estreito e as rodas estão praticamente separadas da carroçaria. Mas o estilo futurista é verdadeiramente garantido pela aparente fusão entre carroçaria e área vidrada – lembram-se do Mercedes-Benz F 015?

Jaguar FUTURE-TYPE - infografia

O FUTURE-TYPE Concept é um projecto de pesquisa avançado que procura assegurar como um Jaguar por encomenda possa apelar aos clientes em 2040 e além. [...] se existir uma escolha por [um serviço de] carros por encomenda, que andam pelas cidades, temos de assegurar que os clientes desejem os nossos serviços 24/7 ao dos concorrentes.

Ian Callum, Diretor de Design da Jaguar

Neste futuro imaginado pela Jaguar, apesar de autónomo, o FUTURE-TYPE poderá continuar a ser conduzido caso queiramos. É uma das razões por detrás do volante Sayer. Como Ian Callum refere, ainda há espaço para a condução, que passará a ser uma experiência premium e até de luxo.

Jaguar FUTURE-TYPE
RELACIONADO: Jaguar: no futuro só precisarás de comprar o volante

Caso este futuro venha a confirmar-se, onde podemos escolher não adquirir um automóvel, mas usufruir das suas vantagens, continuará a ser necessário manter uma ligação emocional à marca para mantê-la relevante. Segundo Callum, as pessoas continuarão a querer viajar em estilo e conforto, pelo que até podem aumentar as oportunidades para as pessoas experimentarem o que a Jaguar tem para oferecer, mesmo que não comprem um.

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos