Glórias do Passado

Papa Francisco. O sumo pontífice que conduz uma Renault 4L

A Renault 4L, também conhecida como o “jipe dos pobres”, é um dos modelos mais queridos dos portugueses e é também um dos modelos de eleição do Papa Francisco.

O chefe da igreja católica, o Papa Francisco é conhecido pela sua simpatia e simplicidade, mas a propósito da sua vinda a Portugal, hoje focamos-nos num outro lado do sumo pontífice: Papa Francisco, o petrolhead. Ok… mais ou menos.

Impressionado com as propostas feitas pelo Papa Francisco assim que foi eleito pelo colégio de cardeais, Renzo Zocca, um padre de Verona (Itália), escreveu uma carta ao Papa a contar a sua experiência. Nessa mesma carta, Zocca propôs oferecer a sua Renault 4L de 1984 ao Papa Francisco, com mais de 300 mil quilómetros, como sinal de agradecimento.

GLÓRIAS DO PASSADO: Renault 4L: umas calças de ganga com rodas

Uns meses mais tarde, Renzo Zocca decidiu mesmo viajar até Roma para se encontrar com o sumo pontífice. Surpreendido com este gesto, o Papa decidiu conceder-lhe uma audiência e aceitar o presente, destinado às suas deslocações pelo Vaticano. “Ele perguntou-me apenas se eu tinha certeza de que queria desfazer-me do carro, se não faria falta a ninguém e, principalmente, se eu tinha um outro”, disse Renzo Zocca.

Durante a conversa, que durou cerca de 35 minutos, o Papa Francisco confessou que, nos tempos em que vivia na Argentina, também ele já tinha tido uma Renault 4L. O carinho do Papa por este modelo é tal que Bergoglio não perdeu tempo e acabou por fazer logo um test-drive ao pequeno utilitário. “E que melhor presente do que o meu velhinho Renault 4?”, admitiu Renzo Zocca.

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos