Recorde de carros WRC nos 50 anos do Rally de Portugal

Na edição deste ano, que se disputa entre 18 e 21 de maio, comemoram-se também os 50 anos do Rally de Portugal.

Falta menos de um mês para o arranque do Rally de Portugal 2017. A etapa portuguesa do Mundial de Ralis acontece num momento especialmente competitivo: até agora, quatro pilotos de diferentes equipas venceram as primeiras quatro provas do campeonato. A edição deste ano torna-se ainda mais especial quando se celebram os 50 anos da prova.

O Rally de Portugal 2017 apresenta algumas novidades em oito dos 11 troços que compõem a prova. Paredes recebe o Shakedown na manhã de quinta-feira, antes da cerimónia de partida da prova em Guimarães. Dali, o pelotão segue para Lousada para a única Super Especial da prova e que será o primeiro momento de competição dos novos WRC em Portugal.

Rally de Portugal

Com entrada gratuita de quarta-feira a domingo, este promete ser o local perfeito para poder ver bem de perto as novas máquinas do WRC e contactar com os pilotos. A cerimónia do pódio volta a ter lugar na Marginal de Matosinhos.

17 carros confirmados

Os novos regulamentos do Campeonato Mundial de Rali não só trazem a Portugal carros mais rápidos e espetaculares como também algumas novidades na lista de inscritos. No total são 17 carros WRC, um recorde nesta temporada.

Pela primeira vez desde que regressou ao WRC, a Toyota vai alinhar em Portugal com três carros, com Esapekka Lappi a juntar-se a Juho Hanninen e a Jari-Matti Latvala, o vencedor do Rali da Suécia. A Citroën apresenta-se com quatro modelos, fazendo alinhar Kris Meeke (o 1º classificado no México), Craig Breen, Stéphane Lefebvre e Khalid Al Qassimi.

GLÓRIAS DO PASSADO: O último Rally de Portugal antes da Revolução dos Cravos

A representação da Ford, confiada à M-Sport, é também constituída por quatro carros, integrando o campeão do mundo, Sébastien Ogier, vencedor da jornada inaugural em Monte Carlo, Ott Tänak, Elfyn Evans e Mads Østberg. Finalmente, a Hyundai apresenta a sua formação habitual com Thierry Neuville (vitorioso na Córsega), Hayden Paddon e Dani Sordo.

A estes juntam-se ainda outros três WRC: Martin Prokop (Ford), Valeriy Gorban (Mini) e Jean-Michel Raoux (Citroën), todos eles com máquinas de especificação pré-2017, na categoria WRC Trophy.

O Rally de Portugal, que este ano conta com 23 pilotos portugueses, volta a integrar o Campeonato Nacional de Rali, estando 17 inscritos nesta competição. Já o campeonato WRC2, que terá em Portugal uma das jornadas obrigatórias para todos os pilotos, será outra das atrações da prova. Permitirá às melhores duplas portuguesas do nacional de rali medirem forças com os mais promissores jovens pilotos da atualidade.

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter

Os mais vistos