Mazda 767B é o cabeça de cartaz do leilão Amelia Island

Preparem as carteiras: a edição deste ano do leilão Amelia Island promete.

Entre os dias 9 e 11 de março, todos os olhos vão estar postos no Ritz-Carlton, na Flórida (EUA). É lá que vai decorrer o leilão Amelia Island, evento que, desde 2010, reúne anualmente alguns dos mais belos e mais desejados clássicos do mundo automóvel.

Este ano, a leiloeira Gooding & Company não deixou os créditos por mãos alheias e prepara-se para levar, entre outros, três modelos bastante especiais: Porsche 934.5, Porsche 964 RSR e Mazda 767B. Mas vamos por partes.

Porsche 964 RSR

O mundo da competição não dá tréguas: para desgosto de muitos, a Porsche teve de abrir mão de um dos seus princípios conceptuais – o motor em posição traseira – no desenvolvimento do novo 911 RSR. Ainda assim, oportunidades para ter na garagem um modelo «old-chool» não faltam, como é o caso deste Porsche 964 RSR. O desportivo pertenceu a um entusiasta japonês que o conseguiu registar para ser conduzido em estrada, e desde então o contador acusa apenas 4000 km.

Porsche 934.5

O nome pode ser estranho, mas não foi escolhido ao acaso. O Porsche 934.5 é uma espécie de fusão entre o Porsche 934 e o 935, dois desportivos de competição da década de 70, preparados para competir no Grupo 4 e Grupo 5 da FIA, respetivamente. Além de ser apenas um de 10 exemplares que foram construídos, este é o único com a carroçaria homologada segundo os regulamentos do Grupo 4, e debita qualquer coisa como 600 cv de potência.

RELACIONADO: Uma visita ao Museu da Mazda sem saíres de casa

Mazda 767B

Não, não é o carro com que a Mazda venceu as 24 Horas de Le Mans em 1991 – esse continua «guardado a sete chaves» no museu da marca em Hiroshima, no Japão. Trata-se do último de três modelos desenvolvidos pela Mazdaspeed e que venceu em Le Mans na categoria IMSA GTP, em 1990. Desde que participou no Festival de Goodwood, no ano passado, o Mazda 767B em questão sofreu um restauro completo, e agora a Gooding & Company espera poder arrecadar mais de 2 milhões de euros.

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter

Os mais vistos