Rali da Guarda

Nuno Antunes foi o grande vencedor do 20º Rali da Guarda

Nuno Antunes, ao volante de um Mini Cooper S, foi o grande vencedor do 20º Rali da Guarda, cumprindo a prova em 46,539 segundos.

Na prova que decorreu no sábado, no parque da Senhora dos Verdes, em Gouveia. Francisco Carvalho – também num Mini – acabou por ficar na segunda posição, apesar de ser conhecido como o piloto com maior número de vitórias nesta competição. João Batista, por sua vez, ao volante de um Mercedes-Benz, ficou com o último lugar do pódio.

Na competição entre comunicação social, foi Luís Merca quem ocupou o primeiro lugar do pódio, seguido de António Catarino e Ricardo Carvalho. A nível de competição feminina, sagrou-se vencedora Vera Vozone, ao volante de um Mini, seguida de Mariana Lemos e de Maria Carpinteiro Albino.

Destaque ainda no 20º Rali da Guarda, para a presença do Renault 8 Gordini que em 1967, conduzido por José Carpinteiro Albino, foi vencedor do Rali TAP. O carro foi conduzido pelo filho Eduardo Carpinteiro Albino, que 50 anos depois conseguiu fechar o ‘top ten’ do Rali.

Entre as ações específicas da Renault, Ford e Bridgestone/First Stop os participantes elegeram como a “Melhor Marca Automóvel do Rali” a Renault e a Ford.

Neste rali, caracterizado, desde sempre, pelo espírito de diversão e companheirismo, e por brincadeiras e partidas dos concorrentes entre si ou contra a organização, manteve-se a tradição e a criatividade manifestou-se, desde a leitura de textos humorísticos, até à decoração mais estranha das viaturas.

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos