Logótipo

A História dos Logótipos: Peugeot

As origens da marca francesa remontam ao inicio do século XIX, mas só em 1986 foi fundada a Société Anonyme des Automobiles Peugeot. Hoje, recordamos o significado do leão no símbolo da marca.

Embora seja reconhecida actualmente como um dos maiores fabricantes de automóveis na Europa, a Peugeot começou por fabricar… moinhos de café. Sim, leram bem. Nascida como uma empresa familiar, a Peugeot foi passando por várias indústrias até se fixar na indústria automóvel, com a produção do primeiro motor de combustão no final do século XIX.

Voltando aos moinhos, por volta de 1850, a marca teve a necessidade de distinguir as diferentes ferramentas que fabricava, e por isso registou três logótipos distintos: uma mão (para os produtos de 3ª categoria), uma lua crescente (2ª categoria) e um leão (1ª categoria). Como já podem ter percebido, apenas o leão sobreviveu a passar do tempo.

A NÃO PERDER: A história dos logótipos – BMW, Rolls-Royce, Alfa Romeo

Desde então, o logótipo associado à Peugeot foi evoluindo sempre a partir da imagem de um leão. Até 2002, foram sete as modificações feitas ao emblema (ver imagem em baixo), cada uma delas feita a pensar num maior impacto visual, solidez e flexibilidade de aplicação.

peugeot logos

Em janeiro de 2010, por ocasião do 200º aniversário da marca, a Peugeot anunciou a sua nova identidade visual (na imagem de destaque). Criado pela equipa de designers da marca, o felino francês ganhou contornos mais minimalistas mas ao mesmo tempo dinâmicos, além de apresentar um aspecto metalizado e modernista. O leão libertou-se igualmente do fundo azul para, segundo a marca, “exprimir melhor a sua força”. O primeiro veículo a ostentar o novo logótipo da marca foi o Peugeot RCZ, lançado no mercado europeu no primeiro semestre de 2010. Foi, sem dúvida, a celebração de um bicentenário projetado para o futuro.

Apesar de todas as modificações ao emblema, o significado do leão manteve-se inalterado ao longo do tempo, continuando assim a desempenhar na perfeição o seu papel como símbolo da “qualidade superior da marca” e também como forma de homenagear a cidade francesa de Lion (França).

Mais artigos em Clássicos

Os mais vistos