Nem o Mercedes-AMG S63 escapa à G-Power

Um Mercedes-AMG S63 com mais de 700cv é mais uma das “brincadeiras” da G-Power para nos deixar sem fôlego…

A G-Power tem sido responsável por alguns dos BMW mais radicais dos últimos tempos (aquiaqui e aqui). Desta vez a “vitima” foi um Mercedes-AMG S63.

O novo desportivo da marca da marca de Estugarda recebeu um upgrade a nível de performance que, mais uma vez, nos deixa sem fôlego. Graças ao módulo eletrónico da Bi-Tronik 5 V1 (parece nome de nave espacial…) especificamente concebido para o Mercedes-AMG S63, o motor biturbo V8 5.5 litros que anteriormente produzia uns “modestos” 585cv passa agora a debitar 705cv.

RELACIONADO: Mansory Mercedes AMG GT-S: agressividade e potência

Para além disso, houve também um acréscimo de binário dos 900Nm para os 1000Nm. Contas feitas, o sprint dos 0 aos 100k/h demora apenas 3.8 segundos (menos 0,1 segundos comparativamente à versão vendida pela Mercedes-AMG). Quanto a velocidade máxima, temos boas noticias: o limitador eletrónico foi removido, o que faz com o que o Mercedes-AMG S63 atinga os 330km/h, em vez dos 250km/h anteriormente conseguidos.

A NÃO PERDER: Votação: qual é o melhor BMW de sempre?

A nível estético, pouco foi alterado. Destaque apenas para as jantes de 21 ou 23 polegadas (opcional) com vários acabamentos e cores.

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter