Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Este é o primeiro anúncio do novo DeLorean DMC-12

O desportivo com asas de gaivota e aspeto futurista está de volta e já tem anúncio oficial. Não, não estamos a falar desse automóvel em que estás a pensar, mas sim do DeLoren DMC-12.

No mês passado foi anunciado o regresso do DeLorean DMC-12 às linhas de produção, 30 anos depois da fábrica original na Irlanda do Norte ter fechado. O empresário britânico Stephen Wynne, que em 1995 fundou uma empresa dedicada à montagem e restauro do DeLorean DMC-12, afirmou que irão ser produzidas apenas 300 unidades deste desportivo. A empresa de John Zachary DeLorean conta com apenas um modelo produzido, entre 1978 e 1982, ano em que abriu falência.

RELACIONADO: Regresso ao Futuro: “Se não tivesses sido  tu DeLorean…”

Apelidado de “Lucky Coin”, o anúncio um tanto ou pouco misterioso mostra-nos o DeLorean DMC-12 a dar as boas-vindas ao novo condutor (que é como quem diz, abre as suas portas em formato “asas de gaivota”) que conduz o desportivo ao longo de um vasto deserto.

O vídeo com uma tónica emotiva, é acompanhado com uma frase de um poema recitado por Ben Burke numa TED Talks: “Eu vivi o mais lento que consegui, porque não há tempo a perder”… Nostálgicos?

https://www.youtube.com/watch?time_continue=120&v=HjJF5u0Ii_4

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter