Ensaio

Fiat Tipo 1.6 Multijet 120cv: receita de sucesso?

Motor com 120cv, design que cumpre, qualidade que não compromete, equipamento adequado e muito espaço. Preço? Pouco mais de 20.000 euros. Chama-se Fiat Tipo.

Não se deixem enganar nem pelo preço (de combate) nem pela configuração da carroçaria três volumes – neste segmento tantas vezes associada a propostas de qualidade duvidosa. O Fiat Tipo não é um modelo low-cost. É um Fiat de alma e coração, que usa e abusa dos melhores componentes do grupo FCA – nomeadamente, das motorizações Multijet e da plataforma Small/Wide (composta em 80% por aços de alta resistência e montada com recurso a técnicas modernas) igual à que encontramos no 500X e no Jeep Renegade.

Bastou entrar no Fiat Tipo para que essas dúvidas fossem totalmente dissipadas numa proposta onde a prioridade foi claramente a funcionalidade – as preocupações com o design e estilo são para modelos como o 500 e o 124 Spider. Os materiais não são de referência mas não comprometem em nenhum aspecto, apresentando um tato sólido e um aspeto sóbrio. O equipamento não vai além do essencial: ar-condicionado, cruise-control, sensores de chuva e luz, rádio MP3 com control de voz, comandos no volante, computador de bordo, e claro os já obrigatórios ESP, ABS e airbags (frontais e laterais). De fora ficaram naturalmente os mais recentes sistemas de auxilio à condução como travagem de emergência ou assistência à manutenção na faixa de rodagem. Essencial? Nem por isso.

Fiat Tipo-16

Arrancando para a estrada, é de destacar as qualidades do conjunto chassi/suspensões capazes de oferecer um bom compromisso entre rigor nas curvas e conforto de rolamento. A habitabilidade é também muito boa, tanto à frente como atrás, medidas avantajadas que se estendem à bagageira com 520 litros de capacidade(!) – maior que muitas propostas do segmento C.

O motor desta unidade é 1.6 Multijet com 120 cv de potência, mas também está disponível um 1.3 Multijet de 95cv (a partir de 18.500 euros). Uma motorização sempre disponível, pronta para tanto para a cidade como para uma tirada mais apressada em autoestrada graças ao excelente escalonamento da caixa de velocidades. Os consumos é que ficaram um pouco aquém das expetativas, alcançámos uma média 6 L/100km – valor que se poderá justificar pela baixa quilometragem do modelo em ensaio. Dentro em breve chegam ao mercado mais duas versões do Tipo – podes conhecê-las aqui.

Para quem quer um carro espaçoso e funcional e não tem o estilo no topo das suas prioridades, o Fiat Tipo é um modelo a ter em consideração.

Ficha técnica

Classificação Euro NCAP: N/D

Mais artigos em Testes, Ensaio