Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Primeiro contacto: Novo Opel Astra

O melhor do premium no segmento C

Quantas vezes já testámos excelentes tecnologias de segurança que só estão ao alcance de alguns, por estarem disponíveis apenas nos segmentos mais altos? A Opel quis inverter esta tendência e disponibilizar no novo Opel Astra sistemas de segurança de referência no setor automóvel.

Os faróis de matriz de LED IntelliLux permitem circular sempre com os máximos ligados assim que deteta que o automóvel sai de uma zona urbana. Em conjunto com a câmara dianteira “Opel Eye”, deteta fontes de luz de veículos que circulam em sentido contrário ou no mesmo sentido, ocultando a luz em redor dessas viaturas.

Opel Astra 2016-41

Quais os modos de iluminação disponíveis?
Luz de cidade – em zonas com iluminação pública, até 55 km/h.
Luz Estática de Curva – em curvas apertadas ou cruzamentos, depende do ângulo do volante. Até aos 70 km/h.
Luz de Manobra – a Luz Estática de Curva é ligada em ambos os lados quando engrenada a marcha-atrás
Luz de Estrada – a partir dos 55 km/h com máximos permanentes
Luz de Autoestrada – acima dos 105 km/h
Modo Auto Stop – a Luz de Cidade é parcialmente desativada quando o motor pára, por exemplo, num semáforo.
Modo Turista – adapta os feixes de condução à esquerda e à direita, garante que independentemente da orientação do trânsito ninguém é encandeado

RELACIONADO: Opel Astra salta literalmente por cima da concorrência em vídeo

Ainda nesta senda de atributos premium encontramos novos bancos certificados pela AGR (especialistas em ergonomia). Estão equipados com sistema de massagem, regulação do apoio lateral, ventilação e memória de regulações. Há também a possibilidade de instalar um sistema de aquecimento nos bancos traseiros, disponível como opcional.

Motores: mais potência e eficiência

Mais pequenos, mais compactos e mais leves, mas também mais potentes e económicos. Os motores do novo Opel Astra apresentam potências entre os 95 e os 200 cv e cilindradas entre os 1.0 e 1.6 litros nos motores a gasolina. Para os turbodiesel a proposta disponível é o motor de 1.6 litros turbo.

Opel Astra 2016-146

Ao volante

O motor 1.0 Turbo ECOTEC, de três 3 cilindros e 105 cv, estreado no Adam e no Corsa, reclama consumos de referência: 4.2 l/100 e 96 gramas de C02, quando combinado com a caixa automatizada Easytronic 3.0 de 5 velocidades, sistema Start/Stop e penus de baixa resistência ao rolamento.

Tivemos a oportunidade de o testar, combinado com a caixa de 5 velocidades. O motor 1.0 Turbo revelou-se silencioso e bastante disponível, atributos que merecem sempre atenção redobrada quando estamos perante motorizações de 3 cilindros. Durante o primeiro contacto com esta motorização motor experimentámos também os novos faróis de matriz de LED IntelliLux. No final revelou-se uma excelente proposta a ter em conta.

A versão mais vitaminada, o 1.6 Turbo ECOTEC de 200 cv também nos passou pelas mãos durante a apresentação do novo Opel Astra. Cheio de fôlego, com o modo “SPORT” ativo entrega-nos o novo Opel Astra no seu expoente máximo. Os 0-100 km/h chegam em 7,8 segundos e a velocidade máxima é de 235 km/h. Não será certamente a versão mais procurada no mercado nacional, mas fica a nota que não sendo um desportivo, não desilude.

Ainda tivemos tempo para um contacto com o “meio termo” dos motores a gasolina: o novo 1.4 Turbo de injeção direta, estreia mundial na linha de motores Opel e disponível no novo Opel Astra. Disponível com 125 e 150 cv tem uma excelente elasticidade. Com um binário máximo de 245 Nm e caixa de 6 velocidades é capaz de bons consumos, ao mesmo tempo que garante uma condução envolvente.

VEJAM TAMBÉM: O nosso teste ao novo Opel Karl

As propostas turbodiesel serão as mais procuradas no mercado nacional. O motor 1.6 CDTI está disponível com potências de 95 cv, 110 cv e 136 cv e binário até 320 Nm. Há também uma transmissão automática de baixo atrito com 6 velocidades, disponível para o novo 1.4 Turbo de 150 cv e para o 1.6 CDTI de 136 cv. Aqui encontramos o motor campeão de consumos do novo Opel Astra: 3,4 l/100 km e 90 gramas de CO2 para a versão com 110 cv do 1.6 CDTI.

Ainda não há preços para o mercado nacional, mas é esperado um preço abaixo dos 20 mil euros para a versão de entrada do novo Opel Astra. Fiquem com a ficha técnica e uma galeria de 200 imagens.

Opel Astra 2016-111

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter

Mais artigos em Testes