K.I.T.T. – O Justiceiro que celebra 30 anos de vida

Quem não se lembra daquele carro preto com uma luz vermelha no capô e que falava como gente grande?

Em Setembro de 1982, chegava ao pequeno ecrã aquela que seria uma das minhas séries favoritas – K.I.T.T. (Knight Industries Two Thousand/Three Thousand) o Justiceiro. No papel principal estava um Pontiac Firebird Trans-Am preto de 1982, munido de inteligência artificial, um verdadeiro companheiro de um outro herói da série: Michael Knight (David Hasselhoff). Parceiros na luta contra o crime, KITT e Michael, na 4ª temporada, já atingiam uns meros 400 km/h.

A luz vermelha montada na frente do capô – a inteligência artificial do carro – chegou a ser montada nos carros dos mais aficionados: “Querida, hoje vamos no KITT.” A série foi produzida durante 4 anos, de 1982 a 1986. A Portugal só chegaria mais tarde, mas ainda veio a tempo para fazer as delícias das tardes depois da escola, entre Baywatch e o Dragonball.

A referência aos 30 anos da série tem lugar no Razão Automóvel porque no papel principal estava um carro, que apesar de ser mera ficção, preencheu os sonhos de muitos jovens que como eu sonhavam dizer um dia: “KITT! Vem-me buscar!”


Texto: Diogo Teixeira

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos

Pub