Notícias Austrália. As janelas do automóvel vão ter de abrir debaixo de água

Arranque a Frio

Austrália. As janelas do automóvel vão ter de abrir debaixo de água

Conseguir abrir as janelas do automóvel debaixo de água é uma de várias medidas a adicionar aos novos protocolos de segurança da ANCAP.

Hyundai Palisade crash-test

Os testes de segurança estão cada vez mais exigentes e na Austrália a ANCAP (equivalente local à Euro NCAP) quer encorajar os construtores a instalar sistemas que permitam abrir as janelas e as portas do automóvel debaixo de água, garantindo pontos adicionais na avaliação da segurança do automóvel.

Os construtores terão de provar que as portas podem ser abertas (através do interior e do exterior) sem energia, bem como assegurar que as janelas continuem a funcionar e possam ser abertas até 10 minutos depois de o automóvel estar debaixo de água.

Aqueles que não conseguirem cumprir estes critérios terão de especificar no manual do utilizador do automóvel como abrir (ou partir) as janelas do automóvel em caso de emergência.

A NÃO PERDER: UE. A partir de hoje, estes equipamentos de segurança são obrigatórios
GWM Pick-up crash-test lateral

O objetivo destas novas medidas é ajudar as equipas de resgate em situações de cheias, e fazem parte de uma série de novos critérios de avaliação que a ANCAP quer implementar e que entrarão em vigor a partir de janeiro de 2023.

Apesar da maioria estar relacionada com a possibilidade de o veículo ficar submerso, a ANCAP também vai passar a avaliar o funcionamento dos sistemas de travagem de emergência e vai exigir a instalação de um sistema de deteção de crianças.


Sobre o “Arranque a Frio”. De segunda a sexta-feira na Razão Automóvel, há um “Arranque a Frio” às 8h30 da manhã. Enquanto bebe o seu café ou ganha coragem para começar o dia, fique a par de curiosidades, factos históricos e vídeos relevantes do mundo automóvel. Tudo em menos de 200 palavras.

Sabe esta reposta?
Em que ano foi fundada a marca australiana Holden?
Oops, não acertou!

Pode encontrar a resposta aqui:

Fim da linha. GM acaba com a marca australiana Holden