É aqui que vai nascer o maior eletrolisador de hidrogénio do mundo

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Hidrogénio

É aqui que vai nascer o maior eletrolisador de hidrogénio do mundo

O objetivo da Linde é que em 2025 já seja possível produzir hidrogénio verde nas Catararas do Niágara. Eletrolisador terá capacidade de 35 MW.

A Linde, empresa alemã líder mundial em gases industriais, acaba de anunciar um projeto que prevê a produção de hidrogénio verde nas Catararas do Niágara, mais concretamente na zona norte-americana daquele que é um dos agrupamentos de cataratas mais famoso do planeta.

No centro deste projeto nas Cataratas do Niágara estará um eletrolisador de 35 MW (megawatt) que usará energia hidroelétrica para produzir hidrogénio líquido verde já em 2025. Pelo menos é esse o objetivo da empresa germânica.

Este será o maior eletrolisador instalado pela Linde a nível global e vai permitir a esta empresa mais do que duplicar a sua capacidade de produção de hidrogénio líquido verde nos EUA, território onde já é o maior produtor.

A NÃO PERDER: Motores de combustão a hidrogénio? Porsche já estuda tecnologia
estação hidrogénio líquido Linde

Depois desta unidade nas Cataratas do Niágara vão surgir novos projetos semelhantes noutras regiões dos EUA, com a Linde a confirmar que espera construir novos eletrolisadores para suprir a procura de hidrogénio líquido verde naquela região do globo.

“Vamos continuar a investir em projetos de hidrogénio verde para ajudar a satisfazer a procura crescente e contribuir para uma economia energética mais sustentável”, afirmou Todd Lawson, vice-presidente da Linde para a região Este.

Hidrogénio verde: o que é?

O hidrogénio verde é aquele que é produzido através de métodos ditos sustentáveis, que não gerem qualquer emissão de dióxido de carbono para a atmosfera.

E um dos métodos usados pode ser o da eletrólise, que através da corrente elétrica permite separar o hidrogénio do oxigénio presentes na água.

Mas apenas desde que a eletricidade usada seja proveniente de fontes renováveis, caso contrário não poderá chamar-se hidrogénio verde.

Aposta no hidrogénio é para continuar

A Linde está empenhada em continuar a reforçar a sua estrutura de produção, armazenamento e distribuição de hidrogénio no futuro, apesar de ser líder mundial em todas estas áreas.

estação hidrogénio líquido Linde
Estação de abastecimento de hidrogénio da Linde em Berlim, na Alemanha

Esta empresa detém, por exemplo, a primeira cave de armazenamento de hidrogénio de elevada pureza do mundo e tem uma rede de abastecimento cujo comprimento ronda os 1000 quilómetros.

LEIAM TAMBÉM: Hidrogénio em pó. Cientistas encontram solução que pode mudar tudo

A somar a isso conta com 80 estações de eletrólise em todo mundo, bem como mais de 200 estações de abastecimento.

Sabe responder a esta?
Qual foi o primeiro modelo da Honda movido a hidrogénio?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Honda FCX. Este foi o primeiro carro movido a hidrogénio da Honda

Mais artigos em Notícias