Toyota Celica roadster com motor atrás e tração traseira? Há um e está à venda

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Venda

Toyota Celica roadster com motor atrás e tração traseira? Há um e está à venda

Este Toyota Celica deixou de ser um coupé «tudo à frente» para se transformar num roadster com motor em posição central traseira.

Lembram-se do último Toyota Celica? Um dos coupés mais acessíveis da marca japonesa conheceu a sua última geração (a sétima) em 1999 e manteve-se em produção até 2005. Seria substituído (apenas) em 2012 pelo GT86.

Como acontecia há várias gerações, o Celica era um coupé 2+2 «tudo à frente», ou seja, o motor estava em posição transversal dianteira e a tração era também à frente.

Não admira que este Celica Roadster, com o motor em posição central traseira e tração atrás — e apenas dois lugares — nos tenha deixado intrigados. Até porque o último Celica é contemporâneo do mais pequeno MR2, um roadster também com motor em posição central traseira e tração traseira.

VEJAM TAMBÉM: Toyota GR86 em vídeo. É aquilo que o GT86 devia ter sido e não foi?
Toyota Celica Roadster

Porque razão alguém haveria de transformar um Celica num roadster de tração traseira? Bem, o anúncio de venda no ebay ajuda a desmistificar a existência deste carro.

O seu dono e criador, reformado, construiu-o para ser o seu próximo track-car, ou seja, um carro para circuitos. E apesar de usar muito do Celica, por baixo da carroçaria está um chassis tubular.

Toyota Celica Roadster

O motor e transmissão provém do Celica T-Sport, ou seja, é o 2ZZ — quatro cilindros, 1,8 l, naturalmente aspirado e 192 cv às 7800 rpm — e a caixa é manual de seis velocidades.

À frente a suspensão obedece a um esquema de duplos triângulos sobrepostos e atrás é um esquema multilink, com coilovers nos quatro cantos, e ainda barras estabilizadoras ajustáveis, tanto à frente e atrás.

Ainda não se estreou em circuito

A razão de esta criação única estar à venda deve-se a um diagnóstico de estenose da coluna vertebral do seu dono e da consequente cirurgia, que o obrigou a afastar-se dos carros e dos circuitos, por recomendação do seu cirurgião.

Infelizmente, o seu dono e criador não teve oportunidade de o conduzir em circuito, mas já efetuou cerca de 80 quilómetros com ele em estrada — apesar de ser um carro de circuito, pode ser conduzido na via pública com uma licença especial no Reino Unido, onde reside.

Este Toyota Celica Roadster está a ser vendido pela modesta quantia de 4500 libras (aprox. 5330 euros) e juntamente com o carro vêm os moldes para os painéis traseiros que são em fibra de vidro.

Toyota Celica Roadster

Mais artigos em Notícias