Peel P50. O carro mais pequeno do mundo foi vendido por um preço gigante

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Leilão

Peel P50. O carro mais pequeno do mundo foi vendido por um preço gigante

O Peel P50 é considerado o carro mais pequeno do mundo, mas esta unidade conseguiu um valor… gigante.

O Guiness World of Records considerou o Peel P50 o carro mais pequeno do mundo e não é difícil de perceber porquê.

Com apenas 1,37 m de comprimento, 1,04 m de largura e 1,20 m de altura, um Mini original parece um apartamento com rodas ao lado do Peel P50.

Não foram feitos muitos da versão original, lançada em 1962 — apenas 50 unidades, estima-se que hoje restem apenas 27 —, mas não o impediu de saltar para o estrelato quando um certo Jeremy Clarkson o conduziu:

VEJAM TAMBÉM: Jeremy Clarkson recebeu um MINI Cooper de presente no Natal

As suas dimensões diminutas e modesta performance — cortesia de um motor de 50 cm3 da DKW, com 4,2 cv de potência —, não têm sido impeditivas para alcançar valores de venda… estratosféricos.

Por exemplo, em 2016, um exemplar do Peel P50 foi rematado em leilão por 176 mil dólares, cerca de 160 mil euros.

Peel P50

O exemplar que vos trazemos hoje não atingiu um valor tão elevado, mas mesmo assim, as 111 mil libras por qual foi vendido no leilão da britânica Car & Classic — pouco mais de 133 mil euros — é de deixar os «olhos arregalados».

O interesse deste exemplar do P50 em particular advém de ser o primeiro exemplar alguma vez feito. Trata-se de uma unidade de pré-produção, identificada pelo posicionamento mais baixo do para-brisas, luzes laterais da Lucas, volante em tom creme e pela ausência do roll bar traseiro.

Este Peel P50 também foi usado também numa «acrobacia» promocional ao subir até ao topo da Blackpool Tower, em Inglaterra.

Mais artigos em Notícias