296 GT3. A nova «arma» da Ferrari para a competição

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Desportos Motorizados

296 GT3. A nova «arma» da Ferrari para a competição

Depois do 488 GT3, o Ferrari de competição mais titulado de sempre, há uma nova «arma» da marca italiana para as pistas, o 296 GT3.

A Ferrari acaba de mostrar os primeiros esboços do 296 GT3, a versão de competição do Ferrari 296 GTB de estrada, que se apresenta com diferenças significativas e, acima de tudo, sem qualquer tipo de eletrificação.

Substituir o Ferrari 488 GT3 não será tarefa fácil, tendo em conta os anos em que este modelo se manteve no ativo e o palmarés que foi conquistando. E aqui, os números falam por si.

Olhando para as versões ditas «normais» e para a versão Evo 2020, o 488 GT3 tornou-se o Ferrari de competição mais titulado de sempre: participou em 770 corridas, das quais venceu 429, e conquistou 107 títulos.

A NÃO PERDER: 296 GTB. Primeiro Ferrari de produção com motor V6 é um híbrido plug-in
Ferrari 488 GT3 Evo
Ferrari 488 GT3 Evo, o antecessor.

Agora, segue-se o 296 GT3, que procura, no mínimo, seguir a história triunfal do seu antecessor. Ainda só é possível vê-lo nestes esboços digitais oficiais da Ferrari, mas já permitem ver as suas formas gerais.

Desenhado e desenvolvido pela Ferrari Competizione GT, este 296 GT3 apresenta-se com uma aerodinâmica radical, marcada por uma enorme asa traseira, por uma frente marcada por um enorme splitter e generosas canards, contando ainda com saídas de ar nos guarda-lamas dianteiros.

Atrás, e ainda que as imagens não o revelem por completo, é notório um difusor de ar de proporções muito generosas, típico das propostas da categoria GT3.

Ferrari 296 GT3
Ferrari 296 GT3.

Eletrificação, não!

Do ponto de vista mecânico apenas se sabe que este Ferrari 296 GT3 vai prescindir por completo da eletrificação, mas não foram divulgados mais detalhes.

LEIAM TAMBÉM: Quase 145 000 km. Este é o Ferrari Enzo com mais quilómetros do mundo

Ainda assim e recorrendo à lógica, podemos esperar que a unidade térmica escolhida para o «animar» seja a mesma do 296 GTB de estrada, ou seja, um V6 biturbo de 2,9 l que produz 663 cv. Porém, e por culpa dos regulamentos, no 296 GT3 a potência deverá ser reduzida.

Ferrari 296 GTB
Aqui está o novíssimo motor do 296 GTB.

De fora ficará, como já dissemos, todo o sistema elétrico do 296 GTB, que permite que uma potência máxima combinada de 830 cv e 740 Nm de binário máximo.

Quando o podemos ver e ouvir?

A marca do Cavallino Rampante já confirmou que o Ferrari 296 GT3 vai começar os testes de desenvolvimento durante os próximos meses, de maneira a estar pronto para a sua estreia em competição, marcada para 2023.

Por isso mesmo, não deverá tardar muito até que este modelo se deixe ver (e ouvir!) de forma integral. As primeiras unidades já estarão a ser montadas pela ORECA, em Signes (França).

Sabe responder a esta?
Em que ano foi revelado o Ferrari 365 GT4 BB?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Fomos enganados. Afinal BB em Ferrari 365 GT4 BB não significa Berlinetta Boxer

Mais artigos em Notícias