Produção do Opel Astra já arrancou em Rüsselsheim

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Produção

Produção do Opel Astra já arrancou em Rüsselsheim

As primeiras unidades do novo Opel Astra já saíram da linha de produção e a marca de Rüsselsheim não quis deixar de assinalar o momento.

Já arrancou a produção do novo Opel Astra, na linha de produção de Rüsselsheim, de onde já saíram cerca de 500 exemplares.

Para assinalar o momento, e num evento apadrinhado por Uwe Hochgeschurtz, diretor executivo da Opel, a marca germânica recebeu Volker Bouffier, primeiro-ministro da região alemã de Hesse, Tarek Al-Wazir, ministro da economia de Hesse, e Udo Bauschm presidente da câmara de Rüsselsheim.

O novo Astra afirma-se como o «ponta de lança» da ofensiva de eletrificação da marca germânica, agora integrada no grupo Stellantis, e estará disponível desde o lançamento com uma versão híbrida plug-in.

A NÃO PERDER: Opel Astra Sports Tourer. Mais pequena que a antecessora, mas a bagageira cresceu

Mais tarde, em 2023, vai surgir o último elemento da gama, o Astra-e, que tal como o nome sugere será a versão 100% elétrica do modelo alemão.

“O novo Astra foi desenvolvido com amor e dedicação até ao mais pequeno detalhe. Foi, também, o primeiro modelo que apresentei quando assumi o cargo de CEO da Opel, pelo que tenho, obviamente, uma ligação especial com este ‘best-seller’ do segmento compacto”, afirmou Uwe Hochgeschurtz, diretor executivo da Opel.

“Desenhado, projetado e agora produzido na nossa sede de Rüsselsheim, este recém-chegado modelo irá dar-nos um impulso adicional. Estou ansioso por ver o novo Astra nos concessionários e nas mãos dos nossos clientes, na primavera”, acrescentou Hochgeschurtz.

Opel Astra
Volker Bouffier, primeiro-ministro da região alemã de Hesse, e Uwe Hochgeschurtz, diretor executivo da Opel.

Com uma imagem marcante, já apoiada na assinatura visual Vizor, este novo Astra sofreu uma autêntica revolução no interior e vai chegar ao mercado português, dentro de semanas, mas já pode ser encomendado desde o final do ano passado.

LEIAM TAMBÉM: Mokka-e. Testámos o elétrico que abre uma nova era na Opel

Disponível em três níveis de equipamento (Business, Elegance e GS Line), o Astra apresenta-se em solo nacional com três motorizações, a variante híbrida plug-in que já tínhamos mencionado acima, uma a gasolina e outra Diesel.

Opel Astra interior
Interior está mais digital do que nunca e é notória uma aposta na facilidade de utilização.

O motor a gasolina consiste num 1.2 l turbo com 130 cv e 230 Nm que pode ser associado a uma caixa de velocidades manual de seis relações ou automática de oito. Com caixa manual os consumos anunciados andam entre os 5,3 l/100 km e os 6,4 l/100 km. Com transmissão automática sobem para os 5,4 l/100 km a 6,5 l/100 km.

Já a oferta Diesel assenta num 1.5 l, também com 130 cv, mas com 300 Nm. Este bloco pode «fazer equipa» com uma caixa manual de seis velocidades (com consumos anunciados de 4,2 l/100 km a 5,1 l/100 km) ou uma automática de oito velocidades (consumos anunciados andam entre os 4,3 l/100 km e os 5,2 l/100 km).

Opel Astra
De perfil, é o pilar traseiro muito inclinado, a linha de ombros muito musculada e as curtas projeções dianteiras e traseira que mais saltam à vista.

Por fim, no topo da gama surge a versão híbrida plug-in. Com 180 cv de potência máxima combinada esta motorização «casa» um motor a gasolina 1.6 Turbo de 150 cv com um motor elétrico. Com uma bateria de 12,4 kWh, o Astra Hybrid anuncia 60 km em modo elétrico (ciclo WLTP) e consumos de apenas 1,1 l/100 km a 1,3 l/100 km.

Vejam a tabela de preços completa:

Versão Potência (cv) Emissões de CO2 (g/km) Preço
1.2 Turbo Business 130 123 25 600 €
1.5 Turbo D Business 130 113 29 100 €
1.2 Turbo Elegance 130 124 28 450 €
1.2 Turbo Elegance AT8 130 127 30 700 €
1.5 Turbo D Elegance 130 114 31 950 €
1.5 Turbo D Elegance AT8 130 117 34 020 €
1.2 Turbo GS Line 130 124 30 800 €
1.2 Turbo GS Line AT 8 130 127 33 050 €
1.5 Turbo D GS Line 130 114 34 300 €
1.5 Turbo D GS Line AT 8 130 118 36 370 €
Hybrid Business (PHEV) 180 24 37 300 €
Hybrid Elegance (PHEV) 180 24 39 950 €
Hybrid GS Line (PHEV) 180 24 42 300 €

Sabe responder a esta?
Em que ano foi apresentado o Opel Tigra?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Glórias do Passado. Opel Tigra, o “coupé do povo”

Mais artigos em Notícias