Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Design

Nissan GT-R. 14 anos depois, já merecia um redesign. E se fosse assim?

Revelado no final de 2007, ainda não sabemos quando é que chegará um sucessor para o ainda impressionante Nissan GT-R. O que levou um designer a propor um redesign do atual.

Já se passaram praticamente 14 anos e o Nissan GT-R R35 continua a perseverar num mercado em rápida transformação. Rumores recentes apontam para um GT-R R36 a um par de anos de distância, mas a verdade é que, oficialmente, ainda não temos confirmação por parte da Nissan de um sucessor.

A idade avançada do projeto começa a colocar entraves à carreira comercial do GT-R R35, como vimos recentemente na Austrália, onde o desportivo japonês vai deixar de ser vendido por não estar em conformidade com os novos regulamentos de segurança.

E tendo em conta o apertar das normas globais de emissões, que está a obrigar a indústria a rumar decisivamente para a eletrificação — também a Nissan anunciou uma gama de modelos eletrificada, entre híbridos e elétricos, até 2025 —, a pressão parece estar a aumentar para o GT-R.

VEJAM TAMBÉM: Novo Nissan GT-R 2022 apresentado no Japão com duas edições limitadas

Uma nova geração é, cada vez mais, necessária, caso a Nissan queira manter o GT-R como o seu modelo halo. Alguns rumores apontam que o GT-R R36 possa ser uma super-evolução do R35, mantendo a base e, essencialmente, a cadeia cinemática do atual (um pouco à imagem do que vimos na substituição do 370Z pelo Z). Outros afirmam que será algo completamente novo, com uma componente forte híbrida. Só podemos aguardar.

Até lá, o designer Marouane Bembli, do canal TheSketchMonkey, propõe um restyling mais profundo do GT-R R35, fortemente influenciado pelo GT-R 50 by Italdesign — o GT-R de um milhão de euros —, para atualizar o aspeto do “Godzilla”.

O GT-R 50 by Italdesign mantém a base do R35, mas deu-lhe uma nova e ousada pele, mais em linha com os dias de hoje, assim como novos elementos gráficos. Desde que o GT-R R35 foi lançado, foram grandes os avanços em matéria de iluminação e temos visto os LED assumir um protagonismo cada vez maior na identidade e estilo dos modelos. Como alguém disse, “os LED são os novos cromados”.

A adoção de novas óticas, tanto à frente como atrás, no GT-R 50 by Italdesign contribuíram decisivamente para dar uma aparência mais moderna ao desportivo, sem no entanto, perder as linhas mestras que definem a geração atual. Poderia servir de ponto de partida para um futuro R36 ou, quanto muito, para um restyling profundo do R35.

VEJAM TAMBÉM: Afinal porque parou o Nissan GT-R da GNR?

Deixo-vos com o GT-R R35 e com a proposta de Marouane Bembli, que também decidiu alterar os flancos, dando-lhes um pouco de mais músculo, para uma devida comparação.

Nissan GT-R R35 e proposta de restyling © TheSketchMonkey

Mais artigos em Notícias