Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Indústria

Volvo quer vender 1,2 milhões de carros por ano em 2025. Como vai conseguir?

Volvo quer "liderar a mudança atual do setor automóvel" e declara objetivo ambicioso de chegar aos 1,2 milhões de automóveis vendidos por ano em 2025.

Depois de anunciar que vai remover da sua gama todos os motores de combustão e que a partir de 2030 cada modelo vendido será 100% elétrico, a Volvo acaba de traçar mais um objetivo ambicioso já para o meio da presente década: vender 1,2 milhões de automóveis por ano, uma subida superior a 50% do que vende hoje em dia.

A fabricante sueca vai mais longe e afirma que quer “liderar a mudança atual do setor automóvel”, ao mesmo tempo que pretende continuar a ser uma “referência não só na área da segurança como também na eletrificação”, bem como na “computação central, tecnologia de condução autónoma e relacionamento direto com o cliente”.

Na última década a Volvo Cars passou por uma transformação de sucesso. A indústria automóvel está a mudar mais rapidamente que nunca e estamos determinados em liderar essa mudança.

Håkan Samuelsson, diretor geral da Volvo Cars
A NÃO PERDER: Histórico. Gama 90 da Volvo atinge 1 milhão de unidades vendidas
Hakan Samuelsson
Håkan Samuelsson, diretor geral da Volvo Cars

Como vai atingir esse objetivo?

Ultrapassar a barreira do milhão de automóveis vendidos representa um desafio muito ambicioso para a marca sueca, que aposta na popularidade das versões 100% elétricas para alcançar esta meta.

De acordo com a Volvo, em 2025, a gama Recharge — o conjunto dos seus modelos híbridos plug-in e elétricos — vai representar já metade do volume global de vendas, ou seja, 600 000 unidades.

Volvo C40 e XC40 Recharge
Volvo C40 Recharge e XC40 Recharge

Importa lembrar que em 2021 estes modelos eletrificados já representam cerca de 20% do total das vendas mundiais da marca sueca, sendo que este número é ainda maior na Europa e em particular em Portugal, onde os modelos Volvo Recharge já representam mais de 50% das vendas da marca sueca.

LEIAM TAMBÉM: Volvo. Reaproveitar peças poupa mais de 4000 toneladas de CO2

Melhor semestre de sempre em 2021

A Volvo declarou nos primeiros seis meses do ano o melhor semestre de sempre e até ao mês de agosto já somava 483 426 automóveis vendidos, o que representa um aumento de 26,1% face ao mesmo período do ano passado.

Contudo, se nos centrarmos apenas nas vendas do mês de agosto, a Volvo registou uma quebra de 10,6% em relação ao período homólogo de 2020, número que se pode explicar com a escassez de chips que tem afetado a indústria automóvel (e não só!) nos últimos meses.

Quanto às vendas totais de 2020, fixaram-se nos 661 713 automóveis, um decréscimo de 6,2% face a 2019.

Sabe responder a esta?
Em que ano foi lançado o Volvo P1800?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Volvo P1800. O coupé sueco mais especial de sempre está de parabéns

Mais artigos em Notícias