Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Estratégia

Volvo Cars anuncia fim dos motores de combustão. Até 2030 será tudo 100% elétrico

Primeiro a segurança das pessoas, agora a segurança do ambiente. A Volvo Cars afirma o combate à poluição e às alterações climáticas como o seu grande desafio corporativo.

A Volvo Cars anunciou hoje um conjunto de medidas que afirmam o percurso da marca rumo à sustentabilidade e à eletrificação. Até 2030 toda a gama Volvo será unicamente constituída por modelos 100% elétricos. A marca sueca eleva assim o seu compromisso ambiental ao nível do histórico compromisso com a segurança.

Até lá, a Volvo Cars irá, de forma gradual, remover da sua gama todos os modelos com motor a combustão interna, onde se incluem os híbridos plug-in. Com efeito, a partir de 2030, cada novo automóvel da Volvo Cars vendido, será exclusivamente elétrico.

Antes disso, já em 2025, o fabricante sueco quer que 50% das suas vendas sejam de veículos 100% elétricos, com os restantes 50% a serem híbridos plug-in.

TENS DE VER: C40 Recharge. Apenas 100% elétrico e só pode ser comprado online
Volvo XC40 Recharge
Volvo XC40 Recharge

Rumo neutralidade ambiental

A transição para a eletrificação faz parte do ambicioso plano climático da Volvo Cars, que pretende reduzir, de forma consistente, a pegada de carbono associada ao ciclo de vida de cada automóvel e ainda vir a ser uma empresa com impacto climático neutro, até 2040.

Esta decisão baseia-se, ainda, na expectativa de que, quer a legislação, quer a melhoria das infraestruturas de carregamento, irão contribuir significativamente para uma aceitação crescente dos clientes em relação aos automóveis 100% elétricos.

“Não existe futuro a longo prazo para os automóveis com motor a combustão interna. Queremos ser um fabricante de automóveis exclusivamente elétricos em 2030. Isto permitir-nos-á ir ao encontro das expectativas dos nossos clientes e fazer também parte da solução no que toca ao combate às alterações climáticas.”

Henrik Green, Chief Technology Officer Volvo Cars.
Volvo C40 Recharge
Volvo C40 Recharge

Como medida intercalar, até 2025, a empresa pretende reduzir em 40% a pegada de carbono associada a cada modelo, através da redução de 50% ao nível das emissões de escape dos automóveis, de 25% ao nível das matérias-primas e fornecedores e de 25% no total das operações relacionadas com a logística.

Ao nível das suas unidades produtivas, a ambição é ainda maior, pois a Volvo Cars pretende, neste ponto, ter um impacto climático neutro já em 2025. Atualmente, as unidades produtivas da empresa são já alimentadas por mais de 80% de eletricidade com impacto neutro no clima.

De resto, desde 2008 que todas as fábricas europeias da Volvo são alimentadas com energia hidroelétrica.

Mais artigos em Notícias