Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Antevisão

Nem Model S nem EQS. Lucid Air é o elétrico com mais autonomia

O Lucid Air, na versão Dream Edition Range, foi homologado com 837 km de autonomia pela EPA, passando a ser o elétrico com mais autonomia do mercado.

Depois de a Tesla anunciar 651 km de autonomia elétrica para o Model S Long Range e de a Mercedes-Benz reclamar uma autonomia de 785 km (WLTP) para o EQS, foi a vez da Lucid Motors “entrar no jogo” e deixar toda a concorrência para trás com o “seu” Lucid Air.

Para já ainda ausente do mercado europeu, o Lucid Air acaba de ser considerado pela Environmental Protection Agency (EPA) — entidade responsável pela certificação dos consumos/autonomias nos Estados Unidos da América —  como o automóvel elétrico com maior autonomia do mercado, com 837 km.

Trata-se de uma diferença de 186 km para o Tesla Model S Long Range e de 52 km para o Mercedes-Benz EQS (a EPA ainda não certificou o modelo alemão, pelo que a diferença poderá ser outra), que o Diogo Teixeira já teve oportunidade de testar em vídeo.

A NÃO PERDER: Primeiro teste ao Mercedes-Benz EQS. O carro mais avançado do mundo?
Lucid Air

Esta autonomia foi obtida com a versão Dream Edition Range do Lucid Air, equipada com jantes de 19”. Na mesma variante, mas com jantes de 21” “calçadas”, a autonomia deste elétrico norte-americano cai para os 774 km.

Além desta variante, a Dream Edition Range, que tem uma potência anunciada equivalente a 933 cv, existe também a versão Dream Edition Performance, a mais potente, com 1111 cv e 758 km de autonomia, e a Grand Touring, com 800 cv e 830 km de autonomia.

Existe ainda uma versão de entrada de gama, a Air Pure, com 480 cv de potência e uma autonomia máxima de 653 km.

LEIAM TAMBÉM: Oficial. Tesla Model S Plaid bate o Porsche Taycan no Nürburgring por 12 segundos

Equipado com uma bateria de iões de lítio com 113 kWh de capacidade e com uma arquitetura elétrica de 900 V, o Lucid Air é capaz de repor até 483 km de autonomia com apenas 20 minutos de carregamento, sendo que consegue devolver energia à rede elétrica.

Lucid Air

Já em comercialização nos Estados Unidos, com as primeiras unidades a serem entregues ainda este ano, o Lucid Air começa nos 74 400 dólares (65 512 euros) para a versão Pure e nos 139 000 (118 688 euros) para a variante Grand Touring. As versões Dream Edition (Range e Performance) já estão esgotadas.

Quando chega à Europa?

No site oficial da Lucid Motors já é possível reservar — mediante o pagamento de um depósito — o Air em alguns países europeus (Portugal não está nessa lista), mas ainda não são conhecidos os preços para a Europa.

Contudo, a chegada ao “velho continente” está mais do que confirmada, com a Lucid Motors a anunciar — em fevereiro deste ano — que as entregas em solo europeu vão arrancar na primeira metade de 2022.

Lucid Air
Sabe responder a esta?
Em que ano o Audi TT venceu o troféu Carro do Ano em Portugal?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Audi TT. Vencedor do troféu Carro do Ano 1999 em Portugal

Mais artigos em Notícias