Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Arranque a Frio

Como selecionar uma relação no Tesla Model S Plaid, caso o ecrã falhe?

O Tesla Model S Plaid não tem um seletor físico de transmissão, mas tem um ecrã tátil e… um sistema de apoio caso este falhe, felizmente.

É o interior do Tesla Model S Plaid que faz com que pareça termos entrado numa dimensão paralela, mais que a performance dos seus 1020 cv. O que aconteceu ao volante e, mais importante, como é que seleciono a marcha para a frente ou para trás?

Uma pergunta premente, pois não existe um seletor físico (manípulo ou botões) para o fazer.

Como em quase tudo o resto, temos de recorrer ao… generoso ecrã tátil. Do seu lado direito existe um ícone do carro e temos de o pressionar e deslizar o dedo sobre o ecrã para cima ou para baixo, dependendo se queremos ir para a frente ou para trás.

VEJAM TAMBÉM: Model S Plaid. Entregues as primeiras 25 unidades do Tesla mais rápido de sempre

Ou então podemos deixar que o Model S Plaid “adivinhe” por nós para onde queremos ir (Auto-Shift), sem termos de “mexer um dedo”.

Mas… e se tudo falhar? Como é que colocamos o carro em marcha?

Bem, como o Doug DeMuro nos mostra em vídeo, o Tesla Model S Plaid tem um sistema de apoio. Conseguem ver as letras “P, R, N, D” na imagem abaixo, a ladear o botão das luzes de emergência?

Tesla Model S Plaid PNRD
Caso o ecrã deixe de funcionar, o sistema de apoio ativa-se automaticamente, permitindo-nos selecionar a relação pretendida.

Sobre o “Arranque a Frio”. De segunda a sexta-feira na Razão Automóvel, há um “Arranque a Frio” às 8h30 da manhã. Enquanto bebe o seu café ou ganha coragem para começar o dia, fique a par de curiosidades, factos históricos e vídeos relevantes do mundo automóvel. Tudo em menos de 200 palavras.

Sabe responder a esta?
Em que ano foi lançado o Lamborghini Diablo?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Lamborghini Diablo: um “puro sangue” dos anos 90

Mais artigos em Notícias