Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Vendas

Este Toyota Land Cruiser custou mais do que um Classe G novo

Com 27 anos, este Toyota Land Cruiser foi vendido por 136 mil dólares, um valor superior ao pedido por um Mercedes-Benz Classe G novo nos EUA.

No mundo dos todo o terreno “puros e duros”, o Toyota Land Cruiser FZJ80 ocupa, por mérito próprio, um lugar de destaque. Nascido na transição entre as décadas 80 e 90 do século passado, este conjugava interiores confortáveis e bem mais refinados que os dos seus antecessores com capacidades todo o terreno difíceis de igualar.

Talvez por tudo isso, um comprador nos EUA decidiu pagar num leilão promovido pelo site Bring a Trailer uns impressionantes 136 mil dólares (perto de 114 mil euros) por um exemplar usado. Para terem ideia, naquele país um Mercedes-Benz Classe G custa, sem impostos, 131 750 dólares (cerca 110 mil euros).

Se este valor vos parece exagerado, deixem-nos “defender” a quantia investida neste Land Cruiser FZJ80 com alguns factos. Saído da linha de produção em 1994, desde então este exemplar percorreu apenas 1005 milhas (cerca de 1600 quilómetros), um valor que faz dele, provavelmente, o Land Cruiser com menos quilómetros no mundo.

A NÃO PERDER: Como correu a primeira “prova de fogo” do motor a hidrogénio da Toyota?

Um “motor de guerra”

No “universo Toyota” falar acerca de um seis cilindros em linha a gasolina é, normalmente, sinónimo de 2JZ-gte, o mítico propulsor usado pelo Supra A80. Contudo, o seis cilindros em linha a gasolina que anima este Land Cruiser é outro: o 1FZ-FE.

Com 4.5 l de capacidade, este debita 215 cv e 370 Nm e surge associado a uma caixa automática de quatro relações. Já a tração está a cargo, como seria de esperar, de um sistema conetável com redutoras e bloqueios dos diferenciais traseiro e dianteiro.

LEIAM TAMBÉM: Recorde mundial: o Toyota Mirai percorreu 1003 km sem reabastecer

A “completar” este Toyota Land Cruiser encontramos uma lista de equipamento que ainda hoje impressiona. Senão vejamos. Temos ar condicionado, sistema de som, bancos em pele, cruise controlteto de abrir elétrico, sete lugares e extras típicos da época em que foi lançado, como as inserções em madeira no habitáculo.

Como é óbvio esta unidade nunca enfrentou as agruras do todo o terreno e, mesmo tendo percorrido pouquíssimos quilómetros, foi alvo de um atento programa de manutenção. Assim sendo, recebeu trocas de óleo regulares, trocou os quatro pneus em 2020 e ganhou ainda uma nova bomba de combustível em 2017.

Sabe responder a esta?
Qual é a potência do Toyota RAV4 Plug-in?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Toyota RAV4 Plug-in. Quase 100 km sem gastar gasolina na cidade

Mais artigos em Notícias