Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Insólito

Tens alguma obra de arte a mais em casa? Agora pode ser trocada por um Polestar 1

Com o fim da produção do Polestar 1 a aproximar-se, a marca escandinava decidiu aceitar uma nova (e curiosa) forma de pagamento: obras de arte.

O Polestar 1 é aquilo a que podemos chamar um verdadeiro halo-car. Desde a sua revelação, no Salão de Genebra de 2018, que este modelo tem servido de «porta estandarte» da marca. Uma verdadeira declaração de interesses por parte da marca escandinava.

Talvez por isso, a Polestar decidiu que as últimas unidades do seu elegante coupé poderão ser compradas não com recurso a dinheiro mas sim a… peças de arte. A ideia passa por trocar algumas unidades do Polestar 1 por obras de arte de artistas famosos.

Sobre esta ideia, Thomas Ingenlath, CEO da Polestar e diretor de design da Volvo Cars, afirmou: “Adoro a ideia de permitir que artistas e colecionadores comprem um Polestar 1 com arte. É um carro tão especial que queríamos encontrar uma maneira única de celebrá-lo antes que sua produção chegasse ao fim (…) É feito à mão, precioso e tangível, portanto, muito parecido com uma obra de arte”.

A NÃO PERDER: Polestar 2 Performance Pack (408 cv). Testámos em Portugal o rival do Tesla Model 3
Polestar 1

Como funciona a troca?

Para quem possa estar interessado, a boa notícia é que a Polestar não especificou o tipo de obras de arte que aceita como “moeda”. Desta forma, a marca sueca tanto pode aceitar pinturas, fotografias, esculturas e até NFT’S (Non-fungible token) — um tipo especial de token criptográfico que representa algo único. Ao contrário das criptomoedas, os NFT’s estes não são mutuamente intercambiáveis, representando algo específico e individual, não podendo ser substituídos.

A decisão se obra de arte é elegível ou não cabe a Theodor Dalenson, um reconhecido consultor de arte que trabalhou com museus em todo o mundo. Caso a peça receba “luz verde”, então a conceituada RM Sotheby’s avaliará a obra para perceber se esta vale os 155 000 euros pedidos pelo modelo escandinavo.

Após ter as peças de arte durante algum tempo, a Polestar vai depois leiloá-las, obtendo dessa forma o valor pedido pelo híbrido plug-in que “casa” um motor de quatro cilindros turbo a gasolina com dois motores elétricos montados no eixo traseiro com 85 kW (116 cv) e 240 Nm cada para obter 619 cv de potência máxima combinada e 1000 Nm.

Quem estiver interessado em adquirir um Polestar 1 sem usar dinheiro, esta “promoção” decorre até 15 de agosto.

Sabe responder a esta?
Qual é a potência do Volvo XC60 Polestar Engineered?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Performance sueca. Testámos o Volvo XC60 Polestar Engineered

Mais artigos em Notícias