Arranque a Frio

Velho vs novo. Honda NSX contra Civic Type R em circuito

Evolução. É inevitável. Este duelo entre o primeiro Honda NSX e o mais recente Honda Civic Type R, demonstram-no para lá de qualquer dúvida.

Foi chamado de anti-Ferrari quando o conhecemos em 1990. O Honda NSX era um superdesportivo (júnior), o primeiro a ser construído totalmente em alumínio, com um V6 atmosférico — VTEC —, montado atrás dos dois ocupantes.

O exemplar neste teste é um modelo tardio (NA2), ou seja, sem faróis escamoteáveis e com um V6 de maior capacidade, 3,2 l, e (alegados) 280 cv.

O Honda NSX não conheceu o sucesso esperado, mas foi uma máquina fundamental para a evolução da espécie do supercarro.

VEJAM TAMBÉM: Ayrton Senna. O piloto que ajudou o Honda NSX a curvar

Só que a marcha do tempo é inexorável. Hoje em dia, a performance que era digna de superdesportivos do final do início dos anos 90 podemos obtê-la de muito mais simples, práticos e acessíveis hot hatch, como o Honda Civic Type R.

Por baixo da sua berrante aparência temos um mais comum quatro cilindros em linha turbo de apenas 2,0 l, mas com superiores 320 cv, e é um “tudo à frente” — uma das referências entre os hot hatch.

Poderá mesmo um hot hatch de hoje superar um supercarro nascido na década de 90? E qual preferiam conduzir? A Fifth Gear, com Jason Plato ao comando das duas máquinas, foram tirar todas as dúvidas em Castle Combe:


Sobre o “Arranque a Frio”. De segunda a sexta-feira na Razão Automóvel, há um “Arranque a Frio” às 8h30 da manhã. Enquanto bebe o seu café ou ganha coragem para começar o dia, fique a par de curiosidades, factos históricos e vídeos relevantes do mundo automóvel. Tudo em menos de 200 palavras.

Sabe responder a esta?
Quantos cavalos tem o Dacia Spring?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Dacia Spring em vídeo. Já conduzimos o elétrico mais barato em Portugal

Mais artigos em Notícias