Elétricos

Postos ultrarrápidos da IONITY chegaram a Portugal. Permitem carregar até 350 kW

Foi hoje inaugurado o primeiro posto de carregamento ultrarrápido da IONITY em Portugal que permite carregamentos até 350 kW.

Foi hoje inaugurada a primeira estação de carregamento elétrico com quatro postos ultrarrápidos da IONITY em Portugal, mais precisamente na A2, em Almodôvar, na última estação de serviço da autoestrada antes de se chegar ao Algarve — km 193 da A2, nos sentidos Algarve-Lisboa e Lisboa-Algarve.

Será a primeira de um total de quatro que estão já previstas durante este ano: além de Almodôvar, também haverá estações de carregamento em Barcelos (na A3) e Estremoz (na A6) que entrarão em funcionamento em maio e em Leiria (na A1) em julho, totalizando 12 postos de carregamento ultrarrápido, que permitem carregamentos de 350 kW.

Portugal passa, assim, a fazer parte da rede europeia de postos de carregamento ultrarrápidos que continuará a crescer, nesta primeira fase, até às 400 estações de carregamento. E tal como acontece no resto do continente, também em Portugal o preço por kWh será de 0,79 euros.

A NÃO PERDER: Quais os incentivos para veículos elétricos em 2021?
Posto IONITY em Almodovar A2
Posto de carregamento da IONITY em Almodôvar, na A2

O primeiro de muitos

O primeiro posto de carregamento ultrarrápido da IONITY surge no âmbito de uma parceria entre a Brisa, IONITY e a Cepsa, servindo a ocasião para dar o “pontapé de partida” para a Via Verde Electric — os carregamentos nesta rede poderão ser pagos através dos identificadores ou da aplicação móvel da Via Verde, como já é possível de fazer em parques de estacionamentos ou postos de abastecimento de combustível.

É o início de um projeto vasto que representa um investimento global de 10 milhões de euros e que resulta de uma parceria entre a Brisa, a IONITY e a Cepsa, e ainda a BP, a EDP Comercial, a Galp Electric e a Repsol.

De acordo com o comunicado oficial, até “ao verão de 2021 será possível atravessar Portugal, de norte a sul, sem emissões de carbono com a rede Via Verde Electric, que vai contar com 82 postos de carregamento elétrico em 40 áreas de serviço, com soluções de carga rápida (de 50 kW) e ultrarrápida (de 150 kW a 350 kW)”.

Brisa carregadores
Mapa da nova rede de carregadores elétricos que arranca hoje com a inauguração do posto de Almodôvar. Brisa
Brisa carregadores
A lista de áreas de serviço que vão contar com carregadores, as datas de abertura e os respetivos fornecedores de energia. Brisa

Quanto aos fornecedores de energia nestes postos de carregamento rápido e ultrarrápido, estes variam consoante as áreas de serviço. Desta forma, nas áreas de serviço da BP e Repsol o fornecedor da energia será a EDP Comercial; nas da Galp será a Galp Electric e nas estações de serviço da Cepsa será a IONITY.

VEJAM TAMBÉM: Supercarregador da Tesla. Fomos ao Algarve testar o carregador mais rápido de Portugal

A inauguração

Nesta cerimónia de inauguração da primeira estação de carregamento da IONITY em Portugal e do Via Verde Electric estiveram presentes o Secretário de Estado das Infraestruturas, Jorge Delgado, o presidente da comissão executiva da Brisa, António Pires de Lima, do CEO da Brisa Concessão Rodoviária, Manuel Melo Ramos, do country manager para Portugal e Espanha da IONITY, Allard Sellmeijer e do CEO da Cepsa Portugal, José Aramburu.

António Pires de Lima, presidente da comissão executiva da Brisa
António Pires de Lima, presidente da comissão executiva da Brisa © Razão Automóvel

António Pires de Lima afirmou que “a descarbonização da economia é uma prioridade estratégica das empresas. A criação da rede Via Verde Electric é um contributo significativo da Brisa para a transformação da mobilidade e para um transporte rodoviário sem carbono, que todos desejamos. A parceria com a IONITY, e com a Cepsa, na rede Via Verde Electric, é uma demonstração de como as soluções colaborativas podem acelerar esta mudança”.

A NÃO PERDER: Parceria entre a Galp e a Nissan já trouxe novos postos de carregamento rápido

Sabe responder a esta?
Qual era a potência do Peugeot 106 Electric?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Este é o Peugeot 106 Electric, o antepassado do e-208

Mais artigos em Notícias