Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Indústria

Peugeot 308 “finta” falta de chips com painéis de instrumentos analógicos

Para ultrapassar a falta de chips a Stellantis decidiu equipar a atual geração do Peugeot 308 com os "velhinhos" painéis de instrumentos analógicos.

Segundo avança a Automotive News Europe, a Stellantis encontrou uma forma interessante de “ajudar” a atual geração do Peugeot 308 a ultrapassar a escassez de chips (circuitos integrados), por falta de materiais semicondutores, que afeta a indústria automóvel.

Desta forma, para contornar o problema, a Peugeot vai substituir os painéis de instrumentos digitais dos 308 — é ainda a segunda geração e não a terceira, recentemente revelada, mas que ainda não está em comercialização — por painéis com instrumentos analógicos.

Em declarações à Reuters, a Stellantis classificou esta solução como “uma maneira inteligente e ágil de contornar um verdadeiro obstáculo para a produção de automóveis, até que a crise termine”.

A NÃO PERDER: Depois dos processadores pode vir a faltar… borracha

Os Peugeot 308 com os painéis de instrumentos tradicionais devem começar a sair da linha de produção em maio. Segundo o canal francês LCI, a Peugeot deverá dar um desconto de 400 euros nestas unidades, contudo a marca recusou-se a comentar essa possibilidade.

Esta aposta nos painéis de instrumentos analógicos no 308, permite salvaguardar os painéis de instrumentos digitais para os seus mais recentes e populares modelos, como o 3008.

Um problema transversal

Como bem sabem, a atual escassez de materiais semicondutores é transversal à indústria automóvel, sendo já várias os construtores que sentiram “na pele” esta crise.

Devido a esta crise, a Daimler vai reduzir o horário de 18 500 trabalhadores, numa medida que vi afetar, maioritariamente, a produção do Mercedes-Benz Classe C.

Fábrica Fiat

No caso da Volkswagen, há relatórios que dão conta de que a marca alemã vai parar parcialmente a produção na Eslováquia devido à falta de chips. Já a Hyundai prepara-se para ver a produção ser afetada (com uma redução de perto de 12 mil carros) depois de no primeiro trimestre ter triplicado os lucros.

A juntar-se às marcas afetadas por esta crise temos ainda a Ford, que tem enfrentado paragens de produção devido à falta de chips, principalmente na Europa. Temos ainda a Jaguar Land Rover que anunciou, igualmente, pausas de produção nas suas fábricas britânicas.

Sabe responder a esta?
Em que ano foi lançado o Peugeot 405?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

E dura, dura, dura… o Peugeot 405 continua a ser produzido

Mais artigos em Notícias