Arranque a Frio

O porquê do Mercedes-Benz EQS ter retrovisores em vez de câmaras

Ao contrário do que seria esperado neste topo de gama elétrico, o novo Mercedes-Benz EQS manteve-se fiel aos tradicionais espelhos retrovisores, mas porquê?

Enquanto alguns modelos elétricos têm trocado os tradicionais espelhos retrovisores exteriores por câmaras — como o pequeno Honda e —, o inédito e ultramoderno Mercedes-Benz EQS não seguiu essa tendência. Mas porquê?

Segundo Ola Källenius, CEO da Daimler, numa entrevista à Automotive News Europe, revelou que a decisão deveu-se ao facto de alguns condutores ficarem enjoados quando olham para um ecrã que mostra a imagem da câmara em vez dos espelhos retrovisores.

Além disso, o CEO da Daimler afirmou ainda que, apesar de as câmaras permitirem uma redução efetiva do arrasto aerodinâmico a velocidades mais altas, a baixa velocidade estas consomem quase tanta energia como aquela que permitem poupar.

Por fim, Ola Källenius ressalvou ainda que a Mercedes-Benz não gosta de adicionar tecnologia aos seus modelos “só porque sim”, mesmo quando se trata do seu novo porta-estandarte elétrico, o EQS.

Mercedes-Benz EQS
Não faltam ecrãs a bordo do Mercedes-Benz EQS, sobretudo quando equipado com o MBUX Hyperscreen, mas nenhum serve para ver o que se passa atrás de nós.
A NÃO PERDER: Testámos o Mercedes-Benz GLC 300 de. Compensa eletrificar o Diesel?

Sobre o “Arranque a Frio”. De segunda a sexta-feira na Razão Automóvel, há um “Arranque a Frio” às 8h30 da manhã. Enquanto bebe o seu café ou ganha coragem para começar o dia, fique a par de curiosidades, factos históricos e vídeos relevantes do mundo automóvel. Tudo em menos de 200 palavras.

Sabe responder a esta?
Qual era a potência do Mercedes-Benz E 50 AMG (W210)?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Lembras-te deste? Mercedes-Benz E 50 AMG (W210)

Mais artigos em Notícias