Indústria

A Volvo Cars vai desenvolver os seus motores elétricos “por conta própria”

Estes motores elétricos da Volvo Cars deverão ser aplicados, principalmente, a modelos 100% elétricos e híbridos baseados na plataforma SPA 2.

A Volvo Cars continua a apostar na eletrificação, desta vez com um investimento que permitirá à marca desenhar e desenvolver os seus próximos motores elétricos internamente.

Recentemente, por exemplo, a marca abriu um laboratório para motores em Xangai. Esta unidade reforça a rede global de instalações para o desenvolvimento e teste de componentes de automóveis elétricos; rede essa que conta já com a unidade para o desenvolvimento de motores em Gotemburgo e laboratórios para o desenvolvimento de baterias também na Suécia e na China.

O laboratório de motores elétricos da Volvo Cars irá centrar-se principalmente no desenvolvimento de motores elétricos para utilização em veículos 100% elétricos e híbridos que utilizem por base a arquitetura da plataforma SPA 2 da Volvo.

VÊ TAMBÉM: Polestar 2 Performance Pack (408 cv). Testámos em Portugal o rival do Tesla Model 3

A Volvo Cars diz que vai “otimizar ainda mais os motores e a transmissão elétrica” dos seus novos modelos. Trata-se de uma abordagem que garantirá aos engenheiros da marca sueca a obtenção de maiores ganhos em termos de eficiência energética e desempenho geral.

Os investimentos da Volvo representam um passo importante na estratégia de eletrificação e plano ambiental, que consiste, entre outros objetivos, em alcançar 50% das vendas mundiais com veículos 100% elétricos até 2025, sendo a restante quota preenchida com modelos híbridos.

A marca sueca quer tornar-se numa empresa ambientalmente neutra em 2040.


Consulta a Fleet Magazine para mais artigos sobre o mercado automóvel.

Sabes responder a esta?
Em que ano foi lançado o Volvo 480?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Lembras-te do Volvo 440? Comemora 30 anos de existência!

Mais artigos em Notícias