Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Jeep Easter Safari

Magneto. O Wrangler 100% elétrico está pronto para o maior evento da Jeep

No regresso ao deserto do Moab, para o Jeep Easter Safari 2021, a marca norte-americana vai apresentar quatro novos protótipos, incluíndo o Wrangler Magneto totalmente elétrico.

A Jeep acaba de apresentar ao mundo o Wrangler Magneto, um protótipo totalmente elétrico do seu  icónico modelo que tem a particularidade de manter uma transmissão manual de 6 velocidades e um sistema de tracção integral.

O anúncio do Wrangler Magneto está inserido nas celebrações do Jeep Easter Safari 2021, no deserto do Moab, em Utah, nos Estados Unidos. É aqui, no maior evento da Jeep no mercado norte-americano, que todos os anos são apresentados vários protótipos que têm como objetivo mostrar as possibilidades de personalização quase infinitas da Jeep e da Mopar. Este ano, o Magneto é a atração maior.

A principal característica do Magneto prende-se com o facto de ser um protótipo movido exclusivamente a eletrões. E apesar de exibir o logótipo “4xe” na traseira, não se trata de uma unidade modificada do Jeep Wrangler 4xe PHEV.

A NÃO PERDER: Jeep para a família. Novo SUV de 7 lugares chega este ano
Jeep Wrangler Magneto
Jeep Wrangler Magneto

Este é, por outro lado, um protótipo que deriva diretamente de um Wrangler Rubicon a gasolina, apesar do motor de combustão interna ter sido eliminado e substituído por um propulsor elétrico (montado na dianteira) que produz o equivalente a 289 cv e 370 Nm de binário máximo. De acordo com a Jeep, e graças a estes números, o Wrangler Magneto é capaz de acelerar dos 0 aos 96 km/h em 6,8s.

Ao contrário do que estamos habituados a ver num elétrico, este Wrangler Magneto mantém o sistema de transmissão habitual, pelo que a potência continua a ser distribuída entre os dois eixos através da mesma caixa manual de seis velocidades que encontramos num Wrangler “convencional”.

Esta é uma solução pouco comum para um elétrico, bastante mais pesada e até mais cara de produzir. Contudo, a Jeep afirma que este sistema permite ao condutor ter um controlo absoluto sobre a tração do veículo.

A fabricante norte-americana não revelou a autonomia deste Wrangler Magneto, mas sabe-se que o sistema elétrico é alimentado por quatro baterias que garantem uma capacidade total de 70 kWh. Quanto ao peso total do conjunto, ascende a pouco mais de 2600 kg.

O Magneto, por ser 100% elétrico, é o mais chamativo, mas foram quatro os protótipos que a Jeep preparou para este evento, onde se inclui uma versão restomod denominada Jeepster Beach. Mas já lá vamos.

Jeep Wrangler Orange Peelz
Jeep Wrangler Orange Peelz

Jeep Wrangler Orange Peelz

Construído com base no Jeep Wrangler Rubicon, o Wrangler Orange Peelz apresenta-se com um novo esquema de suspensão elevado com pneus todo-o-terreno de 35”, um novo para-choques dianteiro e um novo tejadilho removível — de uma só peça — em preto, que contrasta na perfeição com a pintura laranja da carroçaria.

 

A animar este protótipo está um motor de 6 cilindros a gasolina de 3.6 litros que produz 289 cv de potência e 352 Nm de binário máximo.

Jeep Gladiator Red Bare
Jeep Gladiator Red Bare

Jeep Gladiator Red Bare

Este é o único dos quatro protótipos que não tem o Jeep Wrangler como ponto de partida. Baseado na Gladiator, a nova pick-up da marca norte-americana, este protótipo apresenta uma carroçaria fortemente modificada, sobretudo na secção traseira, onde exibe um estrado que pode ser aberto e fechado de forma a “esconder” a caixa de transporte.

A NÃO PERDER: Celebração dos 80 anos da Jeep arranca com edições especiais

O esquema de suspensão também foi bastante modificado e juntamente com os pneus todo-o-terreno de grandes dimensões promete aumentar ainda mais as características off-road deste modelo.

A alimentar este conjunto está uma mecânica Diesel V6 de 3.0 litros de capacidade que produz 264 cv e 599 Nm de binário máximo.

Jeepster Beach
Jeepster Beach

Jeepster Beach

Deixámos para o fim o mais peculiar dos quatro protótipos apresentados da edição deste ano do Jeep Easter Safari. Denominado Jeepster Beach, este é um restomod do C101 lançado em 1968, ainda que com um esquema técnico muito moderno, a começar logo pela mecânica de quatro cilindros e 2.0 litros que produz 344 cv e 500 Nm de binário máximo.

A mistura entre o retro e o moderno está bem evidente no exterior e no habitáculo, com o revestimento vermelho dos bancos, da consola central e dos painéis das portas a captarem quase todas as atenções.

Recorde-se que esta é a primeira edição do Jeep Easter Safari desde 2019, já que a edição de 2020 foi cancelada por força da pandemia de Covid-19 que afetou todo o planeta. O Jeep Easter Safari 2021 tem início no próximo dia 27 de março e termina a 4 de abril.

Sabe responder a esta?
Qual a potência do motor V8 do Jeep Wrangler Rubicon 392?

Mais artigos em Notícias