Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Insólitos

Insólito. Modelos da Tesla banidos das instalações militares chinesas

Questões relacionadas com captura de imagens por detrás da decisão dos militares chineses banirem modelos da Tesla em instalações militares.

Os modelos da Tesla vêm “armados” com várias câmaras externas que servem de “olhos” ao Autopilot (que permite condução semiautónoma), além de servirem para outras funções, como câmaras de vigilância (modo Sentry).

Mais recentemente, o Model 3 e Model Y passaram a vir ainda com uma câmara interna cujo principal objetivo é o de vigiar o condutor, ou melhor, o seu grau de atenção, especialmente aqueles que servem de beta testers para o sistema FSD (Full Self Driving, permite ainda mais autonomia ao veículo do que com o Autopilot). No entanto, nos outros modelos que têm esta câmara interna, mas sem FSD, a Tesla diz que a câmara permanece desativada.

Porque é que as forças militares chinesas estão agora a levantar questões sobre este arsenal tecnológico dos modelos da Tesla e a bani-los das suas instalações?

VEJA TAMBÉM: Ritmo de crescimento da Tesla sob ameaça? Diretor da BMW diz que sim
Tesla Model 3 autopilot

De acordo com informações recolhidas pela Bloomberg, as forças militares chinesas receiam que os modelos da Tesla possam estar a capturar várias informações de conteúdo sensível através das suas câmaras, onde se inclui a possibilidade de identificar quem vai ao volante ou quem está no interior do veículo, resultando numa quebra de segurança que o governo chinês não consegue controlar.

Ao que tudo indica, o banir incide diretamente sobre os residentes em instalações militares e outro pessoal, que agora se vê obrigado a deixar o seu Tesla estacionado fora dos limites das instalações militares. Imagens dessa ordem militar andaram a circular nas redes sociais chinesas.

Uma decisão intrigante, já que os modelos da Tesla não são os únicos equipados com múltiplas câmaras; são vários os modelos de outros construtores estrangeiros com atividade na China que as têm, como os da também norte-americana General Motors.

Porém, a Tesla goza de um estatuto especial na China, ao ser o único construtor automóvel estrangeiro a quem foi permitido construir uma fábrica em solo chinês (Xangai) sem ter de efetuar uma joint venture com um construtor automóvel local.

Fonte: Bloomberg.

Mais artigos em Notícias