Indústria

O futuro da Bugatti pode mesmo passar pela Rimac, mas não como pensávamos

Segundo Herbert Diess, CEO do Grupo Volkswagen, a Rimac e a Porsche podem vir a formar uma joint venture, retirando o controlo direto da Bugatti do gigante alemão.

Depois de vários rumores darem conta de que o Grupo Volkswagen se preparava para vender a Bugatti à Rimac, o diretor executivo (CEO) do grupo, Herbert Diess, veio explicar que hipótese está realmente a ser ponderada.

Durante a apresentação dos resultados anuais do Grupo Volkswagen, Herbert Diess confirmou que a gestão da Bugatti está atualmente a ser transferida para a Porsche, sendo que só depois dessa transferência é que se colocará a hipótese de uma joint venture com a empresa croata.

Acerca deste negócio, Diess afirmou: “”A ideia de vender à Rimac não é verdade (…) A Porsche está é a preparar uma parceria que será discutida com a Rimac”.

A NÃO PERDER: Conduzimos o Bugatti Veyron Grand Sport Vitesse. O dia em que alcançámos 345 km/h
Rimac C_Two
Poderão os futuros Bugatti ter algo em comum com o Rimac C_Two?

A isto acrescentou: “ainda nada está finalizado. O que queremos é transferir a gestão da Bugatti para a Porsche e depois, provavelmente, a Porsche estabelecerá uma joint venture com a Rimac com uma percentagem minoritária da Porsche”.

Porquê a Porsche?

Quando questionado acerca das razões por detrás da passagem do controlo da Bugatti para as “mãos” da Porsche, Herbert Diess explicou: “Acreditamos que a Bugatti estará num ambiente mais forte do que aqui em Wolfsburgo no segmento de volume”.

Além disto, Diess relembrou “Temos mais sinergias , e áreas como as carroçarias em fibra de carbono ou as baterias de alto desempenho”.

Desta forma, duas coisas parecem ficar confirmadas. Primeiro, o Grupo Volkswagen não vai vender a Bugatti à Rimac. Contudo, confirma-se que o futuro da marca de Molsheim poderá passará mesmo pela empresa croata.

Sabe responder a esta?
Em que ano foi revelado o Bugatti EB110?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Bugatti EB110. O último Bugatti antes da era Volkswagen

Mais artigos em Notícias