Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Apresentação

Fiat 500, 500X e 500L foram renovados. O que mudou?

Constituída pelos Fiat 500, 500X e 500L, a "familia 500" foi renovada. Neste artigo damos-te a conhecer todas as novidades.

Depois de já ter renovado o Tipo e o Panda, a Fiat virou-se para a bem sucedida “família 500” e renovou as gamas dos Fiat 500, 500X e 500L.

Inalterados no capítulo estético, os três modelos viram esta renovação trazer-lhes mais tecnologia, novas cores e ainda novos níveis de equipamento.

No que diz respeito aos níveis de equipamento, estes passam a ser quatro: Cult, Dolcevita (exclusivo do 500), Cross (disponível nos 500X e 500L) e o Sport. O objetivo de cada um é, além de oferecerem equipamentos específicos, conferirem uma “personalidade” própria a cada um dos modelos.

A NÃO PERDER: O sistema START-STOP já era utilizado pelo FIAT Regata ES em…1982!
Fiat 500 Cult
O nível de equipamento “Cult” destaca-se pela vistosa pintura cor de laranja.

As diferentes “personalidades”

O nível de equipamento Cult busca sintetizar o tema “Pop”. Para tal estreia a nova e exclusiva cor “Laranja Sicília” e no interior apresenta-se com bancos azuis com um novo tecido e um tabliê de tom específico “Azul Techno”.

Já o nível de equipamento Dolcevita, inspirado no modelo dos anos 1950, conta com uma moldura do tabliê na cor da carroçaria, ecrã de 7”, Apple CarPlay e Android Auto, detalhes cromados, teto de vidro (no três portas) e jantes de 15”.

Quanto ao nível Cross, no 500X este traz novos bancos, aplicações em vinil, jantes de 19”, barras no tejadilho e ar condicionado automático. Já no 500L esta versão traz jantes de 16”, faróis de nevoeiro, sensores de estacionamento traseiros, de luz e de chuva, e ar condicionado automático.

VÊ TAMBÉM: Novo Fiat 500 em vídeo. O melhor 100% elétrico do segmento?

Por fim, no nível de equipamento Sport o objetivo passou por conferir um visual mais desportivo, destacando-se pela pintura em “Cinzento Mate” (opcional) e pelo logótipo “Sport”. No Fiat 500 esta traz, de série, jantes de 16”, novos bancos, ar condicionado automático, tabliê na cor Titânio, ecrã TFT de 7” e faróis de nevoeiro.

Já no 500L Sport temos jantes de 17”, assistência à travagem em cidade, retrovisor eletrocromático, interiores específicos, vidros escurecidos e luz ambiente. Por fim, no 500X este nível de equipamento oferece jantes de 18” (de 19” em opção) e a cor específica “Cinzento Moda mate”.

Fiat 500 Sport
Fiat 500L Sport, Fiat 500X Sport e Fiat 500 Sport

Packs completam o equipamento

Como é habitual, é possível reforçar a oferta de equipamentos de tecnologia, segurança, conforto e estilo com recurso a packs opcionais.

O “Pack Magic Eye”, para o nível Cross, oferece sensores de estacionamento e câmara traseira. Já os “Pack Navi” e “Pack ADAS” trazem monitorização de ângulos mortos e cruise control adaptativo.

Quanto ao “Pack Comfort”, disponível no Cult, Cross e Sport, este inclui ar condicionado automático e bancos ajustáveis e o “Pack Visibility” traz faróis dianteiros de Xénon, retrovisor eletrocromático e sensores de luz e chuva. Por fim, está ainda disponível o “Pack Full LED”.

A NÃO PERDER: Glórias do Passado. Fiat Coupé 2.0 20v Turbo, o fim da linhagem

E os motores?

No que respeita aos motores não há novidades. No Fiat 500 estão disponíveis os motores de 70 cv Hybrid (1.0, três cilindros, atmosférico e mild-hybrid) e 1.2 l com 69 cv a GPL, ambos Euro 6D-Final, cujas encomendas abrirão em meados de fevereiro.

Já a oferta no 500X consiste em dois motores a gasolina — um 1.0 Turbo de 120 cv e 1.3 Turbo de 150 cv – e dois motores Diesel, um 1.3 Multijet de 95 cv e outro 1.6 Multijet de 130 cv (mais 10 cv que anteriormente).

Quanto ao 500L, este está disponível com um 1.4 atmosférico a gasolina de 95 cv e o Diesel 1.3 Multijet de 95 cv.

Para já, o preço das revistas gamas dos Fiat 500, 500X e 500L ainda não foram divulgados.

Sabe responder a esta?
Qual foi o primeiro modelo a recorrer a um motor Diesel de injeção direta?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Fiat. A marca que «inventou» os motores Diesel modernos

Mais artigos em Notícias