Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Dicas

O que vai mudar nos rótulos dos pneus?

A partir de maio, os rótulos dos pneus vão mudar com o objetivo de fornecerem mais informação aos consumidores. Fica a par de todas as alterações.

Criados para ajudar os consumidores a fazerem uma escolha mais informada, os rótulos dos pneus vão mudar a partir de maio deste ano.

Com o objetivo de fornecerem mais informações aos consumidores, além de um novo desenho os novos rótulos vão também contar com um código QR.

Além disto, os novos rótulos contam ainda com alterações nas escalas das diferentes categorias de desempenho dos pneus — eficiência energética, aderência em piso molhado e ruído exterior de rolamento.

VÊ TAMBÉM: Transporte de bicicletas no automóvel. Tudo o que precisas de saber
Etiqueta pneu
Este é o atual rótulo que encontramos nos pneus. A partir de maio vai sofrer alterações.

Um código QR para quê?

A introdução de um código QR no rótulo dos pneus tem como objetivo permitir aos consumidores acederem a mais informações sobre cada pneu.

Este código fornece um endereço para uma base de dados EPREL (EPREL = European Product Registry for Energy Labelling) onde consta a ficha informativa do produto.

Nesta não só é possível consultar todos os valores da rotulagem do pneu como o início e o fim da produção do modelo.

Etiqueta pneus UE Continental
VÊ TAMBÉM: Porquê colocar azoto nos pneus?

O que mais muda?

Nos novos rótulos dos pneus, o desempenho ao nível do ruído exterior de rolamento é indicado não só pelas letras A, B ou C como pelo número de decibéis.

Enquanto as classes A a C se mantêm inalteradas, nas categorias de veículos C1 (turismos) e C2 (comerciais ligeiros) há novidades nas restantes classes.

Desta forma, os pneus que integravam a classe E nas áreas da eficiência energética e aderência em piso molhado passam para a classe D (até agora vazia). Já os pneus que nestas categorias estavam nas classes F e G serão integrados na classe E.

Por fim, os rótulos dos pneus vão também passar a contar com dois novos pictogramas. Um deles indica se o pneu se destina a uma utilização em condições de neve extremas e o outro se é um pneu com aderência em gelo.

Subscreve o nosso canal de Youtube.

Sabe responder a esta?
Qual foi o primeiro modelo a recorrer a um motor Diesel de injeção direta?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Fiat. A marca que «inventou» os motores Diesel modernos

Mais artigos em Autopédia