Indústria

Oficial. O Ineos Grenadier vai ser produzido na fábrica onde são feitos os Smart

Atualmente dedicada à produção do Smart EQ fortwo, a fábrica de Hambach da Daimler foi comprada pela INEOS Automotive e vai produzir o Grenadier.

Depois de há uns meses termos ficado a saber que o Ineos Grenadier não iria ser (parcialmente) produzido em Estarreja, agora ficámos a saber onde é que a INEOS Automotive vai produzir o todo o terreno indicado para os fãs do Land Rover Defender original.

Confirmando as intenções de produzir o todo o terreno numa “unidade industrial já em funcionamento, usufruindo da força de trabalho com histórico de construção na área automóvel e da capacidade técnica instalada”, a INEOS Automotive anunciou a compra da fábrica da Mercedes-Benz em Hambach, local onde é atualmente produzido o Smart EQ fortwo.

Se bem te recordas, há já algum tempo que a Daimler pretendia vender a fábrica francesa onde, desde 1997, foram produzidas mais de 2,2 milhões de unidades das várias gerações do fortwo (e mais recentemente forfour). Tal deve-se ao facto de, depois de ter vendido 50% da Smart à Geely, a Daimler ter acordado que o desenvolvimento e produção da próxima geração dos citadinos da marca seria transferida para a China.

VÊ TAMBÉM: Baterias em estado sólido chegam em 2025. O que podemos esperar?

A Hambach apresentou-se-nos como uma oportunidade única, que, de modo algum, poderíamos ignorar: adquirir uma moderna instalação de produção automóvel, dotada de uma força de trabalho de classe mundial.

Sir Jim Ratcliffe, Presidente do INEOS Group
Hambach
Uma vista aérea da fábrica onde o Grenadier vai ser produzido.

Centralidade é chave

Acerca desta compra, a INEOS Automotive destaca que esta “garante o futuro da unidade, bem como a salvaguarda de muitos postos de trabalho”, ressalvando ainda que a sua localização na fronteira franco-alemã, a 200 km de Estugarda, proporciona um acesso privilegiado às cadeias de abastecimento, aos talentos da indústria automóvel e aos mercados alvo.

Segundo o comunicado divulgado pela INEOS Automotive, as duas marcas deverão acordar a continuação da produção do Smart EQ fortwo e de alguns componentes da Mercedes-Benz na fábrica de Hambach. Isto traduzir-se-á em cerca de 1300 postos de trabalho.

Esta aquisição assinala o nosso maior marco, até à presente data, no desenvolvimento do Grenadier. Em conjunto com o exaustivo programa de testes a que os protótipos estão a ser submetidos, podemos agora dar início aos preparativos para o começo da produção em Hambach do nosso 4X4 a partir do final do próximo ano, para entregas aos nossos clientes em todo o mundo.

Dirk Heilmann, CEO da INEOS Automotive,

Hidrogénio também é aposta

Além de ter anunciado a compra da fábrica de Hambach à Daimler, a INEOS Automotive anunciou ainda a assinatura de um memorando de entendimento com a Hyundai para que, juntas, as duas marcas explorem novas oportunidades relacionadas com a economia do hidrogénio.

Hyundai e INEOS acordo
VÊ TAMBÉM: E-GMP. A plataforma que vai eletrificar o Hyundai Motor Group

Entre estas incluem-se a produção e o fornecimento de hidrogénio, modelos de negócio, novas tecnologias e novas formas de aplicar o hidrogénio. Além disto, as duas empresas vão ainda colaborar na exploração do uso do sistema Fuel Cell Hyundai no INEOS Grenadier.

Caso não saibas, através da sua filial INOVYN, a INEOS é atualmente a maior operadora de eletrólise existente na Europa, tecnologia que usa energia renovável para produzir hidrogénio para gerar energia, meios de transporte e uso industrial.

Sabes responder a esta?
Qual é a potência máxima combinada do Suzuki Swace?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Já sabemos quanto é que o Suzuki Swace vai custar em Portugal

Mais artigos em Notícias