Efeméride

A equipa de investigação de acidentes automóveis da Volvo faz 50 anos

Criada com o objetivo de estudar acidentes rodoviários para melhorar a segurança a Volvo Car Accident Research Team cumpre este ano meio século de história.

Criada em 1970, a Volvo Car Accident Research Team tem-se dedicado desde então a uma missão simples, mas crucial para a marca escandinava: investigar acidentes reais. O objetivo? Analisar os dados recolhidos e usá-los no desenvolvimento de sistemas de segurança.

Em atividade há 50 anos, a Volvo Car Accident Research Team atua na zona de Gotemburgo, na Suécia. Por lá, sempre que um modelo da Volvo está envolvido num sinistro (seja de dia ou de noite), a equipa é notificada e desloca-se até ao local.

A partir daí, inicia-se um trabalho de investigação digno de um caso de polícia, tudo para documentar o acidente da forma mais meticulosa possível. Para o fazer, a Volvo Car Accident Research Team procura resposta a várias perguntas como:

  • Com que rapidez os sistemas de segurança ativa atuaram?
  • Como estão os passageiros?
  • Como estavam as condições metereológicas?
  • A que horas ocorreu o acidente?
  • Como estavam as marcações da estrada?
  • Qual a força do impacto?
VÊ TAMBÉM: Próximo XC90 poderá ser o último Volvo com motor de combustão

Investigação in loco mas não só

Com a tarefa de investigar anualmente entre 30 a 50 acidentes, a Volvo Car Accident Research Team não se limita a recolher informações no local onde ocorrem os sinistros.

À investigação inicial juntam-se os boletins policiais, contactos com o condutor e outras pessoas envolvidas no acidente para que seja possível anotar eventuais lesões sofridas (para perceber quais as causas exatas das lesões) e, sempre que possível, a equipa da Volvo procede até a uma análise da viatura.

Estes dados são depois codificados por forma a assegurar a confidencialidade dos envolvidos e as conclusões destas investigações são partilhadas com as equipas de desenvolvimento de produto da marca sueca. O objetivo? Usar estas aprendizagens no desenvolvimento e implementação de novas tecnologias.

A Volvo Car Accident Research Team está longe de ser a única fonte de dados para os nossos especialistas em segurança, mas desempenha um papel muito importante para que nos seja possível entender realmente alguns detalhes.

Malin Ekholm, Diretora do Volvo Cars Safety Centre
VÊ TAMBÉM: Recordar. Patente do cinto de segurança de três pontos da Volvo foi aprovada em 1962

E se não chegam a tempo?

Como é óbvio, nem sempre a Volvo Car Accident Research consegue chegar a tempo ao local de um acidente. Nestes casos, a já cinquentenária equipa tenta mapear os acidentes não só com o apoio de staff da Volvo como dos serviços de emergência mais próximos do local e bancos de dados públicos de acidentes.

Sabes responder a esta?
Qual é a potência máxima do Volvo XC60 Polestar Engineered?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Performance sueca. Testámos o Volvo XC60 Polestar Engineered

Mais artigos em Notícias