Desde 52 800 euros

BMW 420d Coupé (2021). É a versão que mais vende, mas é suficiente?

Com a anterior geração a ter tido mais de 8000 unidades vendidas em Portugal, o novo BMW Série 4 Coupé (G22) promete ser um dos coupés mais aguardados do ano. Já testámos a versão BMW 420d Coupé, a mais procurada no nosso país.

Foi pelas estradas reviradas e vias rápidas que ligam Monsanto (Lisboa) à Serra de Sintra que testámos pela primeira vez o novo BMW 420d Coupé (geração G22).

Foi apenas uma hora de condução (devo dizer que… intensa), mas foi o suficiente para recolher as primeiras impressões do mais recente coupé da marca bávara.

E porque falamos de um coupé com pretensões de animar quem está sentado ao volante, vamos começar pela componente dinâmica. E não, não é igual a um Série 3…

VÊ TAMBÉM: BMW Concept i4. É assim que vai ser o próximo elétrico da BMW (ou quase)
BMW 420d Coupé

O BMW 420d Coupé não é um Série 3

Assente na plataforma CLAR da BMW, a mesma que encontramos no BMW Série 3, o BMW 420d Coupé comporta-se de forma diferente do seu «irmão». Não é tão confortável, mas é mais dinâmico.

Face ao Série 3, olhando para a ficha técnica ficamos a saber que o BMW Série 4 Coupé é:

  • 57 mm mais baixo;
  • 23 mm mais largo no eixo traseiro;
  • As barras estabilizadoras são mais grossas;
  • Os elementos da suspensão foram reforçados;
  • A afinação da suspensão promove um maior camber negativo.

Diferenças que se sentem em estrada e que transformam o BMW 420d Coupé num automóvel mais gratificante de se conduzir. Os elogios à dinâmica que são habituais no BMW Série 3 ganham outra dimensão neste Série 4.

BMW 420d Coupé
E já que falamos da plataforma, fiquem a saber que o capô, os painéis dianteiros e as portas são fabricados em alumínio, produzidos na fábrica de Dingolfing, na Alemanha. Objetivo? Baixar o peso.

Não estamos a um «mundo de distância», mas nota-se que neste BMW Série 4 a preocupação com a componente dinâmica tem outro peso. Por falar em peso, o tato da direção desta geração melhorou imenso e a resposta aos nossos comandos é mais rápida.

Dito de outra forma, não é um M, mas aproxima-se cada vez mais sem comprometer o conforto no quotidiano.

VÊ TAMBÉM: A FUNDO. Foi assim que ficou o BMW M4 usado por Kubica no Nürburgring

A versão 420d Coupé consegue entreter?

Relativamente ao motor, neste primeiro contacto testámos o BMW 420d Coupé — mas já temos encontro marcado com a versão 440i. Animado por um motor 2.0 Turbo Diesel associado a um sistema mild-hybrid de 48 V, este BMW 420d Coupé oferece 190 cv de potência e 400 Nm de binário máximo.

BMW 420d
Confesso que são valores que entusiasmam mais ao volante do propriamente na ficha técnica. Afinal de contas, este BMW 420d Coupé cumpre os 0-100 km/h em apenas 7,1 segundos e tem uma velocidade máxima de 240 km/h.

Não é o suficiente para colocar questões complicadas ao eixo traseiro numa condução mais empenhada, mas mesmo assim consegue entreter quando esse é o objetivo. E quando o objetivo é gastar o menos possível — o que acontece na maioria das vezes —  contem com consumos moderados. A BMW anuncia 4,5 l/100 km em ciclo misto (WLTP), um valor que não deverá estar muito longe da realidade.

A bordo do BMW 420d Coupé

O interior do novo BMW Série 4 Coupé registou uma evolução positiva. Os materiais e qualidade de montagem é tipicamente BMW.

Em relação aos sistemas de assistência à condução, o novo BMW Série 4 Coupé conta com um aviso de saída de faixa com função ativa e limitador de velocidade, sistema de assistência de marcha-atrás com possibilidade de memorização dos últimos 50 m percorridos e alerta de colisão dianteira com travagem de emergência.

Tabliê
O valor da unidade que ensaiamos do BMW 420d Coupé superava os 62 000 euros.

Outra funcionalidade é o sistema Head-Up display que alberga uma área 70% maior em frente ao condutor, em comparação com o seu antecessor. Existe ainda uma funcionalidade de visualização 3D da área envolvente no painel de instrumentos – em opção com o BMW Live Cockpit Professional – com gráficos do veículo e da estrada à sua volta.

Recordamos que esta nova geração G22 foi lançada no final de outubro e conta com cinco motorizações distintas. Mas sem dúvida que a versão com maior procura no nosso país vai ser esta: o BMW 420d Coupé. Brevemente estaremos novamente ao seu volante para um teste mais profundo.

Traseira 420d

Primeiras impressões

8 / 10
O BMW Série 4 evoluiu no sentido certo. Nesta versão 420d consegue aliar uma performance satisfatória com uma economia de utilização interessante. No quotidiano oferece o conforto que se espera de um carro deste segmento e é ainda mais competente quando queremos fazer "aquela estrada". A BMW já vendeu mais de 8000 unidades deste modelo em Portugal e esta nova geração promete continuar a senda de sucesso.

  • Comportamento;

  • Conforto;

  • Resposta do motor;

  • Custo dos opcionais;

  • Design sem o pack M;

Preço

52.800

Data de comercialização: Outubro 2020


Mais artigos em Testes, Primeiro Contacto