Radares

Mais radares a caminho. E alguns controlam a velocidade média

Os novos radares conseguem controlar a velocidade média entre dois pontos e medir, em simultâneo, a velocidade de vários veículos que circulam lado a lado.

Tal como tínhamos avançado há uns meses, a rede de radares SINCRO (Sistema Nacional de Controlo de Velocidade) da responsabilidade da ANSR vai mesmo crescer. Vão ser instalados novos radares, com os Locais de Controlo de Velocidade (LCV) a aumentarem, passando dos atuais 60 para 110.

A principal novidade desta ampliação do SINCRO é o facto de aos novos 30 LCV de velocidade instantânea se irem juntar inéditos 20 LCV que controlam a velocidade média entre dois pontos.

Os 50 novos LCV serão equipados, rotativamente, com 30 novos radares — 10 que medem a velocidade média entre dois pontos e 20 que permitem o controlo da velocidade instantânea.

A NÃO PERDER: Detetores de radares de velocidade. Legais ou ilegais?
IC19 © Raul Mártires / Razão Automóvel

Estes novos radares com capacidade para medir a velocidade média entre dois pontos são os primeiros do género em Portugal. Outra das novidades dos novos radares passa pela capacidade para medir, em simultâneo, a velocidade de vários veículos, mesmo quando estes circulam lado a lado.

Aprovado em Conselho de Ministros a 30 de julho, este reforço da rede SINCRO tem um prazo de execução contratual de cinco anos. No primeiro ano serão instalados os 50 novos LCV, já os restantes anos destinam-se à manutenção e operação de todo o sistema SINCRO. Quanto é que tudo isto vai custar? Cerca de 8,5 milhões de euros.

Onde vão estar?

A ANSR não divulgou a localização de todos os 50 novos LCV, afirmando que a escolha dos locais onde serão instalados os novos radares “teve como pressuposto, entre outros fatores, o nível de sinistralidade aí existente e em que a velocidade excessiva se revelou uma das causas para essa sinistralidade”.

VÊ TAMBÉM: Radares de velocidade para bicicletas? Já há em Espanha

Ainda assim, a ANSR divulgou alguns dos locais onde estes novos radares vão estar em ação:

  • EN5 em Palmela
  • EN10 em Vila Franca de Xira
  • EN101 em Vila Verde
  • EN106 em Penafiel
  • EN109 em Bom Sucesso
  • IC19 em Sintra
  • IC8 na Sertã

Segundo a ANSR, em quatro anos de funcionamento da rede SINCRO, nos locais onde foram instalados os radares deste sistema, houve menos 29% de acidentes com vítimas, menos 82% de vítimas mortais, menos 57% de feridos graves e menos 26% de feridos ligeiros.

Sabes responder a esta?
Qual era a velocidade máxima do Citroën Xantia Activa V6?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Lembras-te deste? Citroën Xantia Activa V6

Mais artigos em Notícias