Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Estacionamento

Há novidades no estacionamento em Lisboa. O que mudou?

A cidade de Lisboa tem um novo regulamento de estacionamento. Desde novas tarifas até novidades acerca do dístico de residente, descobre o que vai mudar.

Aprovado ontem numa reunião privada do executivo municipal, o novo regulamento de estacionamento da cidade de Lisboa (oficialmente designado Regulamento Geral de Estacionamento e Paragem na Via Pública) traz novidades para todos os gostos.

Para começar, aos três tarifários já existentes — o verde que custa 0,80 €/hora; amarelo que custa 1,20 €/hora e o vermelho 1,60 €/hora — vão juntar-se as tarifas castanha e preta com um preço de 2,00 €/hora e 3,00 €/hora, respetivamente.

Destinadas a um conjunto de zonas centrais da cidade, estas novas tarifas vão permitir estacionar por um período máximo de duas horas nos locais onde forem aplicadas.

VÊ TAMBÉM: Portagens: como saberes a que classe o teu carro pertence

Dístico de residente também tem novidades

Quanto ao dístico de residente, o novo regulamento de estacionamento prevê a gratuitidade de um dístico de residente da EMEL, caso o agregado familiar não tenha mais nenhum. Já nas zonas onde existe uma maior pressão de estacionamento o preço do terceiro dístico de residente vai aumentar.

Já segundo o vereador da Mobilidade, Miguel Gaspar, as famílias numerosas cujo filho mais novo tenha até dois anos “vão poder pedir lugar à porta de casa para estacionamento”.

Por fim, o novo regulamento de estacionamento prevê ainda que os residentes passem a poder estacionar nas zonas de tarifa vermelha na segunda zona do dístico.

Outro dos objetivos do regulamento agora aprovado passa por beneficiar quem opta por não ter carro, permitindo o estacionamento de veículos de mobilidade partilhada nos locais destinados a residentes.

VÊ TAMBÉM: Posso conduzir um carro registado no nome de outra pessoa?

Mas há mais mudanças

Com este novo regulamento de estacionamento a Câmara de Lisboa pretende ainda simplificar o acesso às zonas históricas da cidade para “prestar apoio a uma população por vezes envelhecida” ou em caso de visita.

Outro dos objetivos subjacentes ao novo regulamento passa pela fiscalização noturna e aos fins-de-semana por parte da EMEL, tudo para levar os utilizadores não residentes a optarem pelos estacionamentos subterrâneos.

Segundo a câmara municipal, “com a atualização do tarifário de estacionamento de rotação, pretende-se adequar as necessidades da procura de estacionamento na cidade de Lisboa, por parte de visitantes, residentes e comerciantes, à existência de alternativas em modos mais sustentáveis e à efetiva oferta de lugares de estacionamento”.

Por fim, o projeto final do novo regulamento de estacionamento traz consigo “um conjunto de disposições relativas às cargas e descargas na cidade, regulamentando ainda inovatoriamente a circulação e estacionamento de veículos afetos ao exercício das atividades de aluguer e partilha de veículos de passageiro sem condutor, também designado por sharing“.

Fonte: Público.

Sabe responder a esta?
Qual era a potência do Subaru Impreza 22B STi?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Como novo. Mais de 300 mil euros por este Subaru Impreza 22B STi

Mais artigos em Notícias