Tuning

Afinal havia mais um “monstro” Nissan Juke-R. E está à venda

Até agora, julgava-se que havia apenas quatro Nissan Juke-R, o filho bastardo de um Juke com um GT-R. Este anúncio vem confirmar que há mais um exemplar.

Há uns anos atrás, a Nissan uniu-se aos britânicos do RML Group para criar quatro Juke muito especiais. Uniu a carroçaria do seu crossover mais irreverente com o chassis e mecânica do todo-poderoso Nissan GT-R: nascia assim o Nissan Juke-R.

Agora, um anúncio do stand VDM Cars publicado no site James Edition, revela que afinal não eram quatro, mas sim cinco exemplares destes Juke radicais.

Ao contrário dos outros quatro exemplares (dos quais dois pertencem à Nissan e outros dois foram destruídos), o Nissan Juke-R de que te falamos hoje não foi produzido pelo RML Group, mas sim pela preparadora britânica Severn Valley Motorsport.

VÊ TAMBÉM: Testámos o novo Nissan Juke 2020 (vídeo). TUDO o que precisas de saber
Nissan Juke-R © James Edition

O “quinto elemento”

Apesar de não ter sido produzido pelo RML Group, este Juke-R foi produzido com a supervisão da Nissan, e tal como os seus “irmãos”, conta com um chassis do GT-R adaptado pelo RML Group (mais curto 150 mm ) e com as mesmas alterações de que os Nissan Juke-R do RML Group foram alvo.

Ou seja, recebeu o mesmo kit de alargamento da carroçaria, as mesmas extensões das cavas das rodas, os mesmos para-choques, o mesmo difusor traseiro e spoiler que encontramos nos seus “irmãos”.

Juke por fora, GT-R por dentro

Apesar de parecer um Juke que tomou esteróides, o Nissan Juke-R de que te falamos hoje é bem diferente dos seus “irmãos”.

Para além do chassis encurtado, este Juke-R está equipado com as mesmas jantes de 20” do Nissan GT-R. A este foi ainda buscar ainda as pinças de travão traseiras.

Já na dianteira, o sistema de travagem ficou a cargo de discos da SVM, enquanto as ligações ao solo são asseguradas por amortecedores ajustáveis da Nitron.

Nissan Juke-R
O roll-bar é outra das “novidades” no interior deste Juke. James Edition
VÊ TAMBÉM: Hartge Compact V8 4.7. O Série 3 Compact mais radical de sempre?

Os números do Nissan Juke-R

Como é óbvio, o maior atrativo deste Juke-R surge debaixo do seu capot. Por lá encontramos o mesmo V6 com 3.8 l Twin-turbo usado pelo Nissan GT-R. Para aumentar ainda mais a sua potência, este recebeu injetores com um fluxo de 1050 cm3/min, um novo filtro de ar e um escape feito à medida.

O resultado é uma potência máxima estimada entre 650-700 bhp (659-710 cv) que é enviada às quatro rodas por intermédio da caixa automática de dupla embraiagem que conhecemos do GT-R.

Nissan Juke-R
Normalmente, o lugar deste V6 era debaixo do capot de um Nissan GT-R. James Edition

Quanto custa?

Por fim, quanto é custa este Nissan Juke-R, um GT-R “disfarçado” de crossover demoníaco, homologado para andar na estrada? Com apenas 20 km no odómetro, este “mini-monstro” pode ser teu por 649 500 euros.


A equipa da Razão Automóvel continuará online, 24 horas por dia, durante o surto de COVID-19. Segue as recomendações da Direção-Geral de Saúde, evita deslocações desnecessárias. Juntos vamos conseguir ultrapassar esta fase difícil.

Sabes responder a esta?
Qual era a potência do Nissan Sunny GTi-R?

Mais artigos em Notícias