Competição

Ford Ranger Raptor com o V6 EcoBoost da F-150 Raptor? Sim, mas em competição

O seu aspeto até pode enganar, no entanto, a Ford Ranger Raptor preparada pela Ford Castrol Cross Country Team é bem diferente daquelas que conhecemos.

Apesar de o desempenho da Ford Ranger Raptor e do seu motor Diesel com 2.0 l com 213 cv e 500 Nm não merecerem críticas, vários fãs da pick-up norte americana lamentam que esta não tenha direito a um motor mais potente e a gasolina.

Ora, indiretamente, a Ford Castrol Cross Country Team respondeu às preces de todos esses fãs. Como? Simples. Ao preparar a nova versão da Ford Ranger Raptor para a competição, a equipa decidiu que o melhor motor a que poderia recorrer era o da F-150 Raptor.

Ou seja, debaixo do capot encontra-se um 3.5 EcoBoost V6 com 450 cv e 691 Nm de binário. No entanto, as alterações a que esta Ranger Raptor foi submetida vão muito além da motorização, e nas próximas linhas vais poder ficar a conhecê-las.

VÊ TAMBÉM: Ford Puma ST-Line 155 cv testado em vídeo. O que vale o novo B-SUV da Ford?

O que mudou nesta Ranger Raptor?

Para começar, a Ford Ranger Raptor de competição não recorre ao chassis da versão de produção que o Guilherme pôs à prova. Em vez disso, assenta sobre uma base feita de raiz que permitiu recuar o posicionamento do motor, colocando-o em posição central.

Já ao nível das suspensões, a Ranger Raptor conta com uma suspensão independente às quatro rodas (a versão de produção conta com eixo rígido traseiro atrás). Com dois amortecedores por roda da BOS, a Ranger Raptor conta com um curso de suspensão de cerca de 28 cm.

Por fim, o sistema de travagem apresenta-se com pinças seis pistões à frente e atrás (aqui as pinças são refrigeradas a água). Segundo a Ford Castrol Cross Country Team, o plano passa por ter em competição três destas Ford Ranger Raptor a meio do ano.

Subscreve o nosso canal de Youtube.

Sabes responder a esta?
Em que ano foi lançado o primeiro Ford Mustang Shelby GT500?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Guiámos o Ford Mustang Shelby GT500, uma “fera” com 760 cv

Mais artigos em Notícias