Salão de Genebra 2020

O quatro cilindros mais potente do mundo (à venda) chega ao GLA

No Salão de Genebra serão apresentado os novos Mercedes-AMG GLA 45 e GLA 45 S, equipados com o quatro cilindros mais potente do mundo.

A segunda geração do GLA fará a sua presença ser sentida no Salão de Genebra com a revelação do Mercedes-AMG GLA 45 e Mercedes-AMG GLA 45 S, made by Affalterbach.

O número 45 não engana. Também foi atribuído ao GLA o M 139, o bloco de quatro cilindros em linha com 2.0 l de capacidade, turbocomprimido, e surge em dois patamares de potência: 387 cv e 421 cv para o 45 S, tornando-o no mais potente quatro cilindros em comercialização, ultrapassando os 210 cv/l (!).

Considerando o modesto tamanho do motor, o binário máximo impressiona, atingindo um pico de 475 Nm no GLA 45 e 500 Nm no GLA 45 S. A entrega deste “gordo” valor de binário é também distinta de outras propostas com turbocompressor — os 500 Nm (45 S) chegam apenas a umas muito elevadas 5000 rpm, e é propositado…

VÊ TAMBÉM: Mercedes-Benz GLA. Estes são os preços para Portugal

Os engenheiros da AMG procuraram que o motor tivesse sempre uma resposta o mais imediata possível, e por isso “modelaram” a curva de binário de tal forma que este motor turbo responde, de acordo com a AMG, da mesma forma que um motor… atmosférico.

Rápido, muito rápido

Pode ser um SUV compacto, mas com tanto poder de fogo, o par de Mercedes-AMG GLA 45 são rápidos, muito rápidos. A caixa de dupla embraiagem de oito velocidades (AMG SPEEDSHIFT DCT 8G) tem uma função “launch control” denominada RACE-START para o arranque mais eficaz e rápido possível.

Assim, os 100 km/h são atingidos em apenas 4,3s pelo GLA 45 S (+0,1s para o GLA 45), enquanto a velocidade máxima quebra a barreira dos tradicionalmente limitados 250 km/h… bem, pelo menos no caso do GLA 45 S, com uma velocidade máxima de 270 km/h.

Colocar toda a força no asfalto

Toda a força do M 139 é entregue às quatro rodas (AMG Performance 4MATIC+) com o recurso auxiliar à tecnologia de vetorização do binário (AMG TORQUE CONTROL), que distribui a força de forma seletiva a cada uma das rodas do eixo traseiro e não apenas entre o eixo dianteiro e traseiro.

A suspensão é composta à frente por um esquema MacPherson, com o triângulo da suspensão a ser em alumínio; enquanto atrás temos um esquema multibraços (quatro no total). Em ambos os eixos, as sub-estruturas que os suportam passam a estar rigidamente unidas à estrutura principal, contribuindo não só para uma superior rigidez estrutural, como também para uma resposta dinâmica mais imediata e estável.

2020 Mercedes-AMG GLA 45 S

Ainda no tópico da rigidez estrutural e em como aumentá-la, o GLA 45 recebeu uma placa de alumínio aparafusada por baixo do compartimento do motor, e novos braços diagonais na parte inferior da carroçaria, tanto à frente como atrás. Contribui-se, assim, para reduzir os movimentos longitudinais e de rolamento lateral da carroçaria.

O sistema de amortecimento é do tipo adaptativo (AMG RIDE CONTROL) com três modos à escolha, que vão desde um mais confortável ao mais desportivo. Aliás, escolha, muita escolha é o que não falta para alterar a atitude dinâmica dos novos GLA 45.

2020 Mercedes-AMG GLA 45 S

A sempre importante missão de abrandar ou parar está a cargo, no caso do GLA 45, de discos dianteiros com as medidas de 350 mm x 34 mm com pinças monobloco de quatro êmbolos, e atrás de discos de 330 mm x 22 mm com uma pinça de um êmbolo flutuante. Os discos são ventilados e perfurados, e as maxilas são de cor cinzenta com a inscrição “AMG” pintada a branco.

O GLA 45 S tem um sistema majorado (opcional no GLA 45) com discos de 360 mm x 36 mm com pinças de seis êmbolos, com estas a serem vermelhas com a inscrição “AMG” a preto.

1001 configurações

Os “clássicos” seis modos de condução AMG DYNAMIC SELECT — Slippery, Comfort, Sport, Sport+, Individual e RACE (este de série no 45 S, opcional no 45) —, alteram uma série de parâmetros em vários sistemas (AMG DYNAMICS, 4MATIC+, AMG RIDE CONTROL e escape) por si só, mas reparem na quantidade de opções à nossa disposição.

  • AMG DYNAMICS: Basic, Advanced, Pro e Master (estes últimos dois são de série no 45 S, e opcionais no 45);
  • AMG RIDE CONTROL (suspensão adaptativa): Comfort, Sport, Sport+;
  • Nem o sistema de escape…escapa. Dois modos: Balanced e Powerful.

Por dentro e por fora

Como não podia deixar de ser, os novos Mercedes-AMG GLA 45 e Mercedes-AMG GLA 45 S, destacam-se dos restantes GLA tanto por fora como por dentro. Por fora encontramos a grelha AMG, com barras verticais, e para-choques de desenho mais agressivo, e rodas de 19″ de 10 raios para o GLA 45 e 20″ de cinco raios para o GLA 45 S (como opção existe ainda jantes de 21″).

Atrás além de um generoso spoiler traseiro, vemos quatro ponteiras (duas de cada lado) com 82 mm de diâmetro e um difusor traseiro. O GLA 45 S recorre a umas ainda maiores de 90 mm ovais.

No interior, são os bancos desportivos que se destacam, e a decoração: a cor preta predomina, acentuado por pormenores de um contrastante tom vermelho, e revestimentos a imitar fibra de carbono. O GLA 45 S recorre a elementos em amarelo ao invés de vermelho: volante com costuras amarelas, e marcador às 12 horas, botões no volante e luz ambiente.

Por fim, não podia faltar o sistema MBUX, que inclui funcionalidades específicas como o AMG TRACK PACE, de série no GLA 45 S, um sistema de telemetria, que monitoriza 80 parâmetros específicos (velocidade, aceleração, etc.) quando em circuito. Permite também cronometrar tempos por volta e até por setor — existem circuitos já gravados no sistema como o Nürburgring e Spa-Francorchamps.

VÊ TAMBÉM: BMW Série 2 Gran Coupé. Melhor que o CLA? Ao volante dos 220d e M235i

Quando chega?

A apresentação pública dos novos Mercedes-AMG GLA 45 e Mercedes-AMG GLA 45 S está agendada para o Salão de Genebra. Ainda não foram avançadas datas para o início de comercialização nem qual serão os seus preços.

Especificações técnicas

Mercedes-AMG GLA 45 4MATIC+ Mercedes-AMG GLA 45 S 4MATIC+
Motor 4 cil. em linha, turbo
Capacidade 1991 cm3
Potência 285 kW (387 hp) às 6500 rpm 310 kW (421 hp) às 6750 rpm
Binário 480 Nm entre as 4750 rpm e as 5000 rpm 500 Nm entre as 5000 rpm e as 5250 rpm
Tração AMG Performance 4MATIC+
Transmissão AMG SPEEDSHIFT DCT 8G (dupla embraiagem)
Consumos (NEDC) 9,2-9,1 l/100 km 9,3-9,2 l/100 km
Emissões CO2  (NEDC) 211-209 g/km 212-210 g/km
0-100 km/h 4,4s 4,3s
Velocidade Máxima 250 km/h 270 km/h
2020 Mercedes-AMG GLA 45 S
Sabes responder a esta?
Qual a capacidade do motor do Mercedes-AMG GLE 63?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

GLE Coupé recebe vitamina AMG: V8 biturbo com (até) 612 cv e 850 Nm

Mais artigos em Notícias