Eventos

Ford Mustang Mach-E chega à Europa com o roadshow “Go Electric”

A Ford quer desmistificar a eletrificação e criou o roadshow "Go Electric". Ao mesmo tempo, a marca norte-americana revelou aos europeus o Mustang Mach-E.

A Ford está apostada em eletrificar a sua gama e até 2021 pretende lançar 18 veículos eletrificados. Ora, para convencer os clientes das mais valias dos veículos eletrificados, a Ford criou o roadshow “Go Electric”.

O objetivo por detrás do roadshow “Go Electric” passa por, através de atividades práticas, desmistificar a eletrificação e inspirar confiança nos consumidores, ajudando-os a perceber melhor as várias opções de eletrificação (mild-hybrid, híbridos, híbridos plug-in e modelos 100% elétricos).

No total, o roadshow “Go Electric” vai andar pelo Reino Unido durante seis meses, chegando depois a outros mercados europeus.

O nosso roadshow europeu ajudará a desmistificar as opções de veículos eletrificados para todos os nossos clientes, oferecendo-lhes toda a informação de que necessitam para fazer uma escolha adequada ao seu estilo de vida

Stuart Rowley, Presidente da Ford Europa

Ford Mustang Mach-E já chegou à Europa

Ao mesmo tempo que deu a conhecer o roadshow “Go Electric”, e na primeira iniciativa deste (realizada em Londres), a Ford aproveitou para fazer a estreia pública do Ford Mustang Mach-E em solo europeu.

De acordo com a marca norte-americana, os engenheiros da Ford Europa estiveram envolvidos, desde o inicio, no desenvolvimento do Mustang Mach-E. O objetivo foi assegurar que o comportamento dinâmico do SUV elétrico é ajustado às estradas europeias e aos gostos dos condutores do “Velho Continente”.

VÊ TAMBÉM: Ford Puma ST-Line 155 cv testado em vídeo. O que vale o novo B-SUV da Ford?

Mais infraestrutura = mais eletrificação

Ao mesmo tempo em que aposta na eletrificação da sua gama e no roadshow “Go Electric”, a Ford decidiu também ajudar a aumentar a infraestrutura de carregamento.

Assim sendo, para além de ter investido na criação de 1000 postos de carregamento colocados nas suas próprias instalações, a marca norte-americana continua a ser acionista da rede IONITY (da qual foi uma das fundadoras).

A infraestrutura é fundamental para ajudar os consumidores a ter a confiança na transição elétrica, mas não conseguiremos fazer tudo sozinhos. O investimento acelerado por parte das principais partes interessadas em todo o Reino Unido e na Europa, é mais importante do que nunca

Stuart Rowley, Presidente da Ford Europa

Para além disto, a Ford associou-se ainda à NewMotion. Esta parceria permite aos clientes da marca acederem a uma das maiores redes de carregamento público da Europa através da FordPass Connect.

O objetivo é que, através desta app, os clientes da Ford possam localizar um dos 125 mil locais da FordPass Charging Network em 21 países, pagar e acompanhar o carregamento das suas viaturas.

Sabes responder a esta?
Qual é a cilindrada do Ford Mustang Shelby GT500?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Guiámos o Ford Mustang Shelby GT500, uma “fera” com 760 cv

Mais artigos em Notícias