Restomod

O Isuzu Trooper… não, Opel Monterey… não! O Acura SLX foi alvo de um restomod

Ao que parece, a moda dos restomod está a chegar aos modelos mais recentes e a prová-lo está este Acura SLX de 1997 que recebeu um novo motor e transmissão… da própria Acura.

Por cá ficou conhecido como Opel Monterey ou Isuzu Trooper, no entanto, houve mercados onde deu pelo nome de Acura SLX ou Honda Horizon (entre muitos outros) e é um exemplo da badge engineering no seu melhor.

O exemplar de que te falamos hoje é um Acura SLX, o primeiro SUV a ser vendido pela marca premium da Honda (atua, sobretudo, na América do Norte) e é o mais recente exemplo de um restomod com que nos cruzámos. O curioso é que este exemplar é da autoria da própria Acura.

Esteticamente manteve-se praticamente idêntico a quando saiu do stand em 1997. Ainda assim, destacam-se as novas jantes de 17”, a nova pintura e o logótipo “SH-AWD” que antecipa as novidades que esconde debaixo do capot e ao nível da transmissão.

VÊ TAMBÉM: Estes são os 5 clássicos re-imaginados mais desejados
Acura SLX

Já no interior, as únicas novidades são o novo comando da caixa de velocidades, os novos estofos e umas (muito) discretas aplicações em madeira.

VÊ TAMBÉM: Testámos o Honda Civic 1.6 i-DTEC: o último de uma era

E na mecânica, o que mudou?

Se esteticamente este restomod manteve o Acura SLX praticamente inalterado o mesmo não se pode dizer ao nível mecânico.

Para começar, o motor V6 com 3.2 l e 190 cv com que este contava originalmente deu lugar a um 2.0 l de quatro cilindros, VTEC, turbo que, depois de umas “mexidas”, passou a debitar 350 cv.

VÊ TAMBÉM: Não estão a ver mal. É mesmo um Honda
Acura SLX
Graças às mexidas de que foi alvo o Acura SLX passou a ser capaz de fazer coisas destas.

Já a caixa automática de quatro velocidades original foi substituída por uma de 10 velocidades, o que também obrigou a integrar um novo comando no interior do SLX. O sistema de tração integral deu lugar ao SH-AWD (Super Handling All Wheel Drive) da Acura, um sistema capaz de fazer vetorização de binário.

VÊ TAMBÉM: Este corta-relva do “demo” é mais rápido que o teu carro

Por fim, ao nível das ligações ao solo, o Acura SLX recebeu novos sub-chassis à frente e atrás. Na dianteira, o esquema da suspensão deixou de ser de triângulos sobrepostos e passou a ser do tipo MacPherson, enquanto na traseira, perdeu o eixo rígido e ganhou um esquema independente multilink.

Também os travões foram majorados, com os dianteiros a crescer uma polegada, e a largura de vias também aumentou substancialmente.

Os componentes que agora integram este revitalizado e modificado SLX provém do Acura RDX, um dos SUV vendidos atualmente pela marca. O resultado final deste exercício não podia ser mais satisfatório: continua a ser fiel ao original, e dificilmente o distinguiríamos entre outros SLX, mesmo tendo conhecimento da extensão das alterações efetuadas.

Sabes responder a esta?
Qual é a potência do Honda HR-V Sport?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Ao volante do Honda HR-V Sport. Queimar os últimos cartuchos

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos