Ralis

Saída antecipada de Ogier levou a Citroën Racing a… abandonar o WRC

Numa decisão algo surpreendente, a Citroën Racing anunciou que no próximo ano não vai competir no WRC. Tudo porque Sébastien Ogier decidiu sair da equipa.

O campeonato do mundo de ralis acaba de perder uma equipa de fábrica, com a Citroën Racing a colocar um ponto final no seu programa no WRC.

A decisão surgiu após Sébastien Ogier ter confirmado as suspeitas que há muito indicavam que estaria de saída da equipa, após um ano em que os resultados ficaram aquém das suas expetativas.

De acordo com a Citroën Racing, que para 2020 contava com Ogier/Ingrassia e Lappi/Ferm nas suas fileiras, a saída do francês e a inexistência de um piloto de topo disponível para ocupar o seu lugar na próxima temporada levaram a esta decisão.

A nossa decisão de abandonarmos o programa do WRC no final de 2019 surge na sequência da opção de Sébastien Ogier de deixar a Citroën Racing. É claro que não desejávamos esta situação, mas não queremos perspetivar a época de 2020 sem o Sébastien.

Linda Jackson, Diretora Geral da Citroën
VÊ TAMBÉM: Citroën Berlingo o carro perfeito para… ralis?!

Aposta nos privados

Apesar do afastamento da Citroën Racing do WRC, a marca francesa não se vai afastar totalmente dos ralis. De acordo com um comunicado da marca, através das equipas PSA Motorsport as atividades de competição de Clientes da Citroën serão reforçadas em 2020, estando previsto um aumento do apoio dado aos clientes dos C3 R5.

Citroen C3 WRC

Em relação a isto, Jean Marc Finot, Diretor da PSA Motorsport, afirmou: “os nossos especialistas apaixonados pelo desporto automóvel poderão demonstrar o seu talento nas diferentes disciplinas e campeonatos em que as marcas do Groupe PSA estão envolvidas”.

Subscreve o nosso canal de Youtube.

À beira de mais uma saída da Citroën do WRC (em 2006 os carros franceses correram na equipa semi-oficial Kronos Citroën), não é demais relembrar os números da marca francesa. Ao todo são 102 vitórias no mundial de ralis e um total de oito títulos de construtores, fazendo da Citroën uma das marcas mais bem sucedidas na categoria.

VÊ TAMBÉM: Peugeot anuncia regresso surpresa a Le Mans em 2022

Sabes responder a esta?
Qual é a potência máxima combinada do Citroën C5 Aircross Hybrid?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

C5 Aircross Hybrid. O primeiro híbrido plug-in da Citroën

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos